Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Órgão se posicionou sobre o ocorrido e informou que o idoso já havia sido atendido inúmeras vezes e recebido suporte da Assistência Social

Em pleno dia 1º de outubro, justamente quando foi comemorado o Dia Internacional do Idoso, o Conselho Municipal dos Direitos do Idoso de Londrina (CMDI) tomou conhecimento de um vídeo que circula nas redes sociais, no qual uma pessoa idosa sofre humilhação em frente a um estabelecimento comercial da cidade.

O órgão lamentou o ocorrido e manifestou repúdio a este ato, uma vez que trabalha e luta diariamente na defesa e garantia dos direitos da pessoa idosa no município. Por meio de nota oficial, assinada pelo presidente do CMDI, Dácio Villar, e pela vice-presidente do CMDI, Ana Karina Anduchuka Barbosa, o órgão salientou que todo e qualquer ser humano merece igual respeito, mas, no caso das pessoas idosas, é necessário que haja ainda mais atenção e compreensão por conta das fragilidades acarretadas pela idade.

O documento destaca que, conforme preconiza o Estatuto do Idoso, em seu artigo 3º, é dever de todos, inclusive da sociedade, assegurar à pessoa idosa a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, lazer, trabalho, e também à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. Da mesma forma, nenhuma pessoa idosa deve ser objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, sendo papel de todos prevenir ameaças ou violações aos direitos de que são detentores as pessoas idosas.

Segundo Villar, o Conselho espera que este caso, entre outros que infelizmente ocorrem no dia a dia, sirva para que toda a sociedade londrinense reflita sobre o tratamento que as pessoas idosas recebem, sendo que muitas das situações acabam não chegando ao conhecimento dos órgãos municipais. “É uma luta de todos mudar este quadro e garantir os direitos dessas pessoas”, afirmou.

No vídeo registrado, um empresário é filmado atirando água para afastar um idoso que estava encostado na calçada, em frente ao estabelecimento em questão. Com relação à pessoa idosa, o CMDI foi notificado que ele já havia sido atendido inúmeras vezes pela Secretaria Municipal de Assistência Social, o que aconteceu novamente após o ocorrido.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios