Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Realizado no Autódromo Ayrton Senna, treinamento terá módulos práticos e teóricos; objetivo é reduzir o número de acidentes e mortes entre esse público

Estão abertas as inscrições para o curso de motociclistas que será promovido pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU). A iniciativa é voltada a pessoas licenciadas na categoria A, com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida. Para participar, o interessado deve acessar o site da CMTU, clicar no menu “Trânsito” e, em seguida, preencher o formulário disponível na opção “Educação no Trânsito” / “Requerimentos”.

Com cerca de 3h de duração, o treinamento é dividido entre os módulos teórico e prático. A primeira metade do tempo é dedicada ao repasse de informações e dicas de segurança, com conteúdos que vão de direção defensiva e equipamentos de proteção a noções de equilíbrio, reflexo, entre outros tópicos.

Já a segunda parte do curso, ministrada numa pista concebida e executada pela CMTU especialmente para este fim, consiste em aula prática onde o aluno poderá desenvolver as habilidades adquiridas. O circuito é formado por curvas abertas e fechadas, quebra-molas, reta, obstáculos e outros componentes presentes no dia a dia do trânsito.

De acordo com André Stabelini, agente municipal responsável pela iniciativa, o objetivo do percurso é colocar o piloto em contato direto com situações muitas vezes inesperadas nas ruas. A intenção é simular o cotidiano das vias, ensinando aos motociclistas a reação mais adequada para cada caso, a fim de evitar acidentes.

Stabelini conta que, para elaborar o programa de capacitação e desenhar o circuito, foram realizadas pesquisas e consultas a empresas do ramo de pilotagem. Além disso, o agente levou em conta também os anos de experiência como instrutor de autoescola, piloto de motocicleta e fiscal de trânsito da CMTU.

Segundo o diretor da área, o major Sergio Dalbem, a intenção da companhia é complementar de maneira prática e dinâmica o preparo dado pelos centros de formação de condutores. Para ele, muitos alunos passam no exame de avaliação e obtêm a CNH sem de fato terem contato com a realidade das ruas.

O diretor destaca que, ante o cenário, alguns recém-habilitados acabam se envolvendo em acidentes por imperícia. “Por falta de habilidade e percepção de risco, uma parcela importante desse público adquire sequelas duradouras ou mesmo vem a óbito. Nossa missão, portanto, é colaborar na mudança desse quadro e salvar vidas”, pontuou.

Aplicado no Autódromo Internacional Ayrton Senna, na região norte de Londrina, o treinamento ocorrerá às terças, quintas e sextas-feiras, sempre a partir das 8h30. Devido às restrições impostas pela pandemia, o número máximo de participantes por dia será de 12 pessoas. O programa, no entanto, será contínuo e todos que se interessarem poderão integrar as aulas.

Conforme o estudo “Vida no Trânsito é Vida que Segue”, elaborado pela CMTU, das 67 pessoas que morreram nas ruas e avenidas da cidade em 2020, 29 faziam a opção do transporte sobre duas rodas. Neste ano, entre janeiro e fevereiro, quatro dos 10 que perderam a vida seguiam de moto.

Serviço

Curso para treinamento de motociclistas da CMTU       

A partir de terça-feira, dia 20, às 8h30, e sempre às terças, quintas e sextas-feiras

Autódromo Internacional Ayrton Senna, na avenida Henrique Mansano, 777 – Jardim dos Alpes 

Inscrições gratuitas pelo site cmtu.londrina.pr.br

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.