Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Um dos projetos aprovados e que será implementado em breve viabiliza a telemedicina na rede municipal de saúde

A Prefeitura de Londrina, por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), oferece às empresas e startups de tecnologia a oportunidade de aplicar seus projetos na rede municipal. Por meio do Edital de Chamamento Público nº 002/2018, para Apresentação de Soluções Inovadoras, as propostas habilitadas e aprovadas são desenvolvidas e validadas na esfera municipal, disponibilizando gratuitamente novas tecnologias para a Prefeitura.

Além da Codel, a iniciativa tem o envolvimento do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). Juntos, os três órgãos compõem uma comissão que analisa as propostas inscritas,

A íntegra do edital de chamamento, e seus anexos, está publicada na página da Codel no Portal da Prefeitura, e pode ser acessada diretamente no link http://bit.ly/EditalCodel . A estimativa do Município é que, aproximadamente, duas mil empresas e startups locais são aptas a participar.

Conforme o diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Fabian Bordon Trelha, o edital já atendeu diversas startups com soluções hoje sendo empregadas pela Prefeitura de Londrina. “Como o caso da plataforma da YAZO, que organiza o Calendário Oficial de Eventos de Londrina. Outro projeto muito interessante é o da MedMobi, que envolve telemedicina, sendo testada agora durante a pandemia de Covid-19. É uma solução importante, muito oportuna neste momento”, destacou.

Aprovado pela comissão julgadora em dezembro de 2019, o projeto da MedMobi proporciona a realização de consultas médicas à distância, através da internet. A proposta está sendo implementada na Secretaria Municipal de Saúde, e se encontra na fase de testes.

Para aderir ao chamamento, o interessado deve agendar um horário para protocolar sua proposta na Codel, por meio do telefone 3379-2300, ou no e-mail codel@codel.londrina.pr.gov.br . A sede do instituto fica na Avenida Ademar Pereira de Barros, 1.010, Jardim Bela Suíça.

Cada proposta deve conter informações sobre o projeto de solução inovadora, explicando em detalhes quais as suas funcionalidades e aplicações, acompanhada do comprovante de inscrição CNPJ. Por meio de pontuação, são analisados critérios de consistência e adequação do projeto às atividades do Município; clareza e pertinência dos objetivos, metas e resultados esperados; e factibilidade dos objetivos, metas e atividades no tempo fixado.

O resultado da análise é publicado no Jornal Oficial do Município, e na página oficial da Codel, no Portal da Prefeitura. Na sequência, os proponentes dos projetos aprovados deverão apresentar os documentos exigidos em edital para que seja firmado o acordo de cooperação, com a Prefeitura de Londrina. O prazo inicial da cooperação técnica é de doze meses, com possibilidade de prorrogação.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios