Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Moradias estão sendo oferecidas com 30% de desconto; podem concorrer as famílias inscritas no cadastro da COHAB, que ainda não foram contempladas

A Companhia de Habitação de Londrina (COHAB-Ld) está com edital aberto para os cidadãos londrinenses que possuam cadastro na companhia e desejem adquirir um imóvel reintegrado ao órgão. As famílias interessadas devem procurar a COHAB até o dia 22 de março. O edital completo está disponível na edição  n.º 4294 do Jornal Oficial do Município, de terça-feira (9), publicada no site da Prefeitura de Londrina (clique aqui).

Podem aderir à convocação as famílias inscritas no cadastro da Companhia de Habitação que ainda não foram contempladas com moradias. Os interessados precisam se atentar aos prazos e à documentação necessária. É preciso apresentar a carteira de identidade (RG), o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), a comprovação de estado civil, a carteira de trabalho e outros documentos constantes no edital. Eles devem ser entregues, todos juntos, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h30, na seção de Atendimento da COHAB (R. Pernambuco, 1.002, Centro). Os técnicos da Companhia de Habitação vão analisar as informações contidas nos documentos e, caso seja necessário, poderão solicitar outros.

O diretor-presidente da Companhia de Habitação de Londrina, Luiz Cândido de Oliveira, explicou que o órgão tem procurado atender às famílias cadastradas que ainda não foram contempladas com acesso ao primeiro imóvel, por meio de qualquer modalidade de programa habitacional. “Os  imóveis são bem localizados, nos municípios em questão, e se encontram desocupados. Precisamos cumprir a função social deles, facilitando a forma de acesso, e por isso estamos oferecendo consideráveis descontos, como no caso desse edital”, disse Oliveira.

Sobre os imóveis

Estão disponíveis para a compra três imóveis. O primeiro é uma casa no Conjunto Habitacional Jamile Dequech, no valor de R$ 43.694,00. Ela está avaliada em R$ 62.420,00, mas está sendo ofertada pela COHAB com 30% de desconto. Os interessados devem ter renda familiar mensal mínima de R$ 1.242,40.

A segunda casa está disponível no Conjunto Habitacional José Maurício Barroso. O valor do imóvel está avaliado em R$ 90.090,00, mas a COHAB está oferecendo a unidade por R$ 63.063,00. Nesse caso, a renda mensal familiar deve ser igual ou maior que R$ 1.793,20.

O terceiro imóvel também está localizado no Conjunto Habitacional José Maurício Barroso. A casa teve o valor de avaliação de R$ 93.676,95, mas o preço pedido é de R$ 65.573,86. Os interessados em comprá-la precisam comprovar renda mensal de, pelo menos, R$ 1.864,56.

Permissão de uso

Além da comercialização dos três imóveis citados, a COHAB está convocando os interessados em outros imóveis, disponíveis para a Permissão de Uso. Nesses casos, a companhia, como detentora da posse do bem, permite a sua utilização através da permissão de uso onerosa, para posterior comercialização.

Ao todo, há três casas disponíveis nessa modalidade, sendo uma no Jardim Canaã (Jaguapitã), outra no Conjunto Habitacional Vale do Amanhecer (em Florestópolis) e a terceira no Conjunto Habitacional José Consalter (em Colorado). Em relação à primeira casa, a COHAB está oferecendo a permissão de uso no valor de R$ 282,11 por mês. Para esse imóvel, é preciso ter renda mínima de R$ 1.566,46.

Já a casa em Florestópolis está avaliada para a permissão de uso mensal por R$ 282,11. A família interessada precisa comprovar renda mensal familiar de, no mínimo, R$ 1.253,96. A terceira casa, localizada no município de Colorado, está avaliada em R$ 320,00 mensais, e o interessado precisa comprovar a renda familiar igual ou maior que R$ 1.462,93.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios