Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Valores de uso das unidades vão de R$ 282,11 até R$ 670,00 por mês; todos os imóveis são ofertados com 30% de desconto em relação ao valor de avaliação

A Prefeitura de Londrina, por meio da Companhia de Habitação (COHAB-LD), abriu editais para oferecer seis imóveis com valores acessíveis aos munícipes cadastrados junto ao órgão, e que ainda não tenham sido contemplados com moradias. O Edital nº 004/2021, publicado na segunda-feira (3), e o Edital nº 005/2021, convocam os inscritos a manifestarem interesse na aquisição dos imóveis, que foram reintegrados à posse da COHAB-LD, decorrentes de ação judicial. As listas e todas as informações estão disponíveis para acesso, respectivamente, nas edições nº 4.338 e nº 4.341 do Jornal Oficial do Município.

Por meio das convocações, o público cadastrado tem a oportunidade de adquirir imóveis com valores de uso que variam de R$ 282,11 até R$ 670,00 por mês. E a renda familiar mensal mínima estabelecida, conforme cada imóvel, fica entre R$ 1.462,93 e R$ 2.770,66.

O presidente da COHAB-LD, Luiz Cândido de Oliveira, destacou a importância das facilidades oferecidas pela Prefeitura à população que busca uma primeira residência usufruindo de valor acessível. Ele informou que, em 2021, a novidade é que todos os imóveis inseridos nessa categoria estão sendo negociados com oferta fixa de 30% de desconto referente ao valor de avaliação. “Os descontos e condições são muito significativos. Para um dos imóveis, o desconto na venda chega a ser de R$ 40 mil em relação ao preço original. Os editais abrem uma excelente oportunidade aos londrinenses que procuram sua primeira moradia. Estamos facilitando o acesso durante a pandemia, que é um período difícil e de restrições”, afirmou

Oliveira ainda frisou que aqueles que ainda não possuem cadastro na COHAB-LD podem realizá-lo a qualquer momento. Caso outro inscrito mais antigo não manifeste interesse ou não obtenha aprovação, será possível garantir a permissão de uso ou a compra do imóvel, conforme sua modalidade. “Com a permissão de uso, a pessoa poderá morar no local pagando uma taxa como a de um aluguel mensal. São imóveis cuja posse é da COHAB-LD e, assim que o órgão tiver a propriedade em si, os moradores desses espaços terão preferência de compra, e também o desconto de 30%, quando houver a recomercialização”, detalhou.

Os interessados em adquirir os imóveis contam agora com prazo de 15 dias, após a publicação oficial dos editais, para se identificar e apresentar a documentação solicitada. A entrega deverá ser feita na íntegra, em ato único, na sede da COHAB-LD, que fica na Rua Pernambuco, 1.002. Neste espaço, os atendimentos ocorrem das 8h30 às 17h30.

Dentre os itens pedidos estão os originais e fotocópias simples da Carteira de Identidade (RG), CPF em situação regular, comprovação de estado civil atualizado e carteira de trabalho, além de outros. Para todos os interessados, é exigido estar em conformidade com as normas do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Além dos documentos listados pelos editais, outros poderão ser solicitados para a efetiva assinatura dos contratos.

Imóveis – Do total de seis imóveis disponíveis pelos Editais nº004/2021 e nº 005/2021, cinco são para Permissão de Uso, tratando-se de bens que estão em processo de retomada judicial por parte da COHAB-LD. Para estes, há uma taxa de uso semelhante a um aluguel mensal, cuja finalidade é evitar que ocorra depredação, ocupações e os imóveis fiquem parados sem uso. Alguns dos imóveis também incluem o valor de condomínio.

Um dos imóveis fica localizado em Jaguapitã, com valor da permissão fixado em R$ 282,11, e outro no município de Colorado, cuja taxa de uso é de R$ 320,00. Ainda estão sendo oferecidos imóveis em Londrina, sendo um no Residencial Aimará II, região oeste, e mais dois no Vale do Cambezinho I, região leste.

Além destes, o presente edital traz um imóvel para comercialização na região norte de Londrina, no Residencial Horizonte. O valor de avaliação do imóvel é de R$ 69.600,00 e, com o desconto de 30% ofertado pela COHAB-LD, a aquisição sai pelo preço total de R$ 48.720,00. A renda familiar mínima exigida é de R$ 1.385,30. Para este imóvel, será recolhido o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e custas registrais.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios