Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Oportunidades para venda ou permissão de uso referem-se a imóveis reintegrados ao órgão; interessados devem entregar os documentos requisitados até 20 de abril

A Companhia de Habitação de Londrina (COHAB-LD) publicou, na terça-feira (6), um edital com informações sobre cinco imóveis reintegrados ao órgão, que estão disponíveis para venda ou permissão de uso. A oportunidade é voltada a todas as pessoas que possuam cadastro junto à Companhia e ainda não tenham sido contempladas com moradias. Para conferir todos os detalhes, clique aqui.

Os interessados devem comparecer, até o dia 20 de abril, à sede da COHAB-LD, que fica na Rua Pernambuco, 1.002. O órgão atende de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. Para participar do processo, é preciso atender a todas as normas do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e levar os originais e fotocópias simples de documentos como a carteira de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de estado civil, e carteira de trabalho, entre outros. Após receber a documentação, a Companhia realizará a análise e seleção dos cadastrados. Entre os critérios estabelecidos pelo processo, estão a antiguidade do cadastro do munícipe e a composição de sua renda familiar, que inclui a renda das pessoas que residem em seu domicílio.

O diretor-presidente da COHAB-LD, Luiz Cândido de Oliveira, explicou que, em vista da pandemia de Covid-19 e da situação econômica do país, a Companhia decidiu ofertar todos os imóveis com 30% de desconto em relação ao seu valor de avaliação, tanto para a venda quanto para a permissão de uso. “Essa é uma oportunidade única para quem precisa adquirir um imóvel bem localizado e disponível a preços acessíveis. Após a superação da pandemia e a regularização da economia brasileira, os bens voltarão a ser comercializados pelo seu valor de mercado”, destacou.

Imóveis

Quatro imóveis estão sendo ofertados para a Permissão de Uso. Esses bens ainda estão em processo de retomada judicial, sendo que a Companhia detém sua posse e busca a oficialização de sua propriedade. Segundo o diretor-presidente do órgão, a permissão de uso é semelhante ao aluguel, e tem o propósito de evitar que os imóveis fiquem obsoletos, sofram ocupações, sejam depredados ou depreciados pela falta de uso. “Os cidadãos que se tornarem permissionários terão preferência para a compra desses imóveis, posteriormente, quando eles passarem para a propriedade da Companhia”, explicou Oliveira.

Dentre os imóveis listados nessa modalidade, dois estão localizados em Londrina, um em Jaguapitã e outro no município de Colorado. Os valores da permissão de uso são diferentes para cada bem, indo de R$ 282,11 até R$ 670, sendo que alguns também incluem taxas condominiais. Já a renda familiar mensal mínima necessária aos interessados varia, de acordo com o imóvel, entre R$ 1.462,93 e R$ 2.770,66.

O edital também disponibiliza, para compra, uma casa localizada no Conjunto Habitacional Avelino Vieira, na região norte de Londrina. O imóvel está avaliado em R$ 56.300,00. Porém, será comercializado com um desconto de 30%, pelo valor de R$ 39.410,00. Os interessados nessa oportunidade devem ter uma renda familiar mensal mínima de R$ 1.120,56.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.