Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Hoje foi apresentado a Central de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico (CFME) da CMTU, que passa a funcionar a partir de amanhã

A Prefeitura de Londrina avança com o programa “Londrina Mais Segura”. Ontem (31), pela manhã, o prefeito Marcelo Belinati acompanhou na sede da Diretoria de Trânsito da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), apresentação da Central de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico (CFME).

Acompanharam o prefeito; o secretário de Defesa Social, Pedro Ramos; o presidente da CMTU, Marcelo Cortez e o diretor de Trânsito, Sérgio Dalbem.

 “Essa é a garantia de Londrina mais Segura. No total são 469 câmeras integradas entre CMTU e Guarda Municipal trazendo mais segurança no trânsito, inclusive evitando furtos e roubos. Tem gente que só entende quando é penalizado, por isso os radares vão trazer diminuição de acidentes, atropelamentos, fazendo com que os motoristas trafeguem dentro da velocidade permitida por lei”, avaliou o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati.

“São câmeras de alta tecnologia, grande alcance, que tem condição de fazer a identificação visual da face das pessoas. A cidade vai ficar muito mais segura, tanto no trânsito quanto na contenção da violência”, complementou Belinati.

Início do vídeo monitoramento

A partir de hoje (01º), a CMTU inicia as atividades de vídeo monitoramento em Londrina. O responsável pelo serviço é o vencedor da licitação, o Consórcio Londrina Segura, formado pelas empresas Perkons S.A. e Mobilis Tecnologia S.A.

Na primeira etapa de implantação serão 30 equipamentos, do tipo radar fixo ou radar fixo tipo Misto, com tecnologia OCR, para detecção, registro, armazenamento, processamento de provas de cometimento de infrações de trânsito, processamento de dados estatísticos e transmissão de dados remotos online.

Também neste primeiro momento, serão instalados 20 equipamentos (cinco já instalados e os demais em até 20 dias) de vídeo monitoramento de trânsito com câmeras com movimentação 360º, com tecnologia OCR, quando em repouso para detecção, registro, armazenamento e processamento de dados estatísticos e transmissão de dados remotos online.

Os equipamentos foram instalados na Diretoria de Trânsito, onde foi construída a estrutura para abrigar a da Central de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico (CFME), locada, com toda infraestrutura necessária para o monitoramento, recepção de imagens/vídeos da estrutura externa, processamento de dados para análise, lavratura de autos de infração de trânsito e emissão de alertas.

Neste espaço ficam alocados o Centro de Validação de Autos (CVA), o Centro de Talonário Eletrônico (CTE), além do Centro de Controle Operacional (CCO), solucionando prontamente às solicitações dos agentes da autoridade de trânsito com monitoramento de pontos estratégicos para fiscalização de trânsito; o auxilio na mobilidade urbana com o videomonitoramento em tempo real e a redução no tempo de ação em eventos específicos.

O Complexo de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico visa garantir efetividade do trânsito no município de Londrina, mediante o acompanhamento em tempo real das ações de segurança no trânsito, agindo de forma tempestiva, segura e orientada.

Os objetivos da CENTRAL são:

Comunicar-se com as viaturas para verificação de acidentes, congestionamentos e outras ocorrências no trânsito;

Articular-se com os setores afins quando da necessidade de sinalização e de obras nas vias de tráfego e de acompanhamento;

Articular-se com órgãos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, quando da ocorrência de acidentes de trânsito e, com outros órgãos competentes, quando da necessidade de serviços nas vias;

Efetuar o monitoramento remoto de tráfego através de câmeras de videomonitoramento;

Elaborar, controlar e conferir relatórios sobre irregularidades e congestionamentos nas vias de tráfego;

Distribuir e controlar o material para registro de acidentes;

Efetuar o registro de ocorrências no trânsito;

Coletar registros de acidentes, inserir em base de dados, para fins estatísticos, encaminhando ao setor competente.

Desde o dia 13 de maio até a data de 31 do mesmo mês, todos os pontos de fiscalização da primeira etapa de monitoramento passam por sinalização horizontal e vertical (incluindo a instalação de placas e pintura das vias) informando que o local será monitorado, além da velocidade máxima permitida. Os agentes da companhia realizaram ações em todos os pontos.

“Londrina recebe uma tecnologia inovadora com o objetivo de trazer mais segurança, mobilidade no trânsito e fluidez, com uma nova tecnologia que possibilita clareza, controle e a otimização do serviço”, afirmou o presidente da CMTU, Marcelo Cortez.

“Nós teremos o controle de onde estarão as viaturas com um menor tempo de resposta e deslocamento desnecessários, trazendo economia de tempo e custos. Infelizmente temos um trânsito violento em londrina, com a falta do cumprimento das leis de trânsito. Com a nova tecnologia queremos diminuir as mortes no trânsito”, ponderou Cortez.

Pontos dos Medidores de Velocidade Fixos e Mistos – 1ª etapa são 30 equipamentos (TODOS INSTALADOS) nos seguintes locais:

Ponto 1

Av. Tiradentes cruz. Av. Arthur Thomas

Ponto 2

Av. Tiradentes cruz. R. Bauru

Ponto 3

Av. Winston Churchill, 505

Ponto 4

Av. Winston Churchill, com Av. Rio Branco

Ponto 5

Av. Duque de Caxias, 5077

Ponto 6

 Av. Juscelino Kubitschek cruz. R. Alagoas

Ponto 7

Av. Juscelino Kubitschek cruz. R. Uruguai

Ponto 8

Av. Santos Dumont, 780 Oposto

Ponto 9

Av. Santos Dumont cruz. R. Augusto Severo

Ponto 10

Rod. Carlos João Strass, próximo ao retorno p/ R. Lupércio Pozatto

Ponto 11

Rod. Carlos João Strass cruz. Av. Mário Roberto Gnecco

Ponto 12

Rod. Carlos João Strass, entre Av. Sylvio de Barros e alça de acesso para BR369

Ponto 13

Rod. Carlos João Strass, antes da R. Noitibó

Ponto 14

Av. Dez de Dezembro cruz. R. Tremembés

Ponto 15

Av. Dez de Dezembro cruz. R. Almirante Barroso

Ponto 16

Av. Dez de Dezembro, 4440 oposto

Ponto 17

Av. Dez de Dezembro cruz. prolongamento da Ponte Vereador Anélio Vieceli

Ponto 18

Av. Dez de Dezembro, 7033 (próximo à R. Madre Henriqueta Dominice)

Ponto 19

Av. Saul Elkind, 4735

Ponto 20

Av. Henrique Mansano, 1559

Ponto 21

 Av. Maringá cruz. R. Prefeito Faria Lima

Ponto 22

R. Goiás cruz. Av. Duque de Caxias

Ponto 23

R. Rio Grande do Norte cruz. R. Cuiabá (novo)

Ponto 24

Av. Duque de Caxias x R. Borba Gato (novo)

Ponto 25

Av. Waldemar Spranger cruz. Av. Adhemar Pereira de Barros (novo)

Ponto 26

Av. Higienópolis com Professor Joaquim de Matos Barreto (novo)

Ponto 27

Av. Alexandre Santoro, 1068 cruz. Av. Francisco G. Arruda (novo)

Ponto 28

Av. Duque de Caxias cruz. Rua Heródoto (novo)

Ponto 29

R. Prof. João Candido cruz. Av. Arc. Dom Geraldo Fernandes (novo)

Ponto 30

Av. Eurico Gaspar Dutra, Entre as Ruas Manoel Pereira e Anália Tonon Minati (novo)

São 20 Pontos de Videomonitoramento na primeira etapa. Cinco (em negrito) já estão em funcionamento, os demais serão instalados em até 15 dias:

Ponto 01

Av. Dez de Dezembro cruz. com Rua Potiguares

Ponto 02

Av. Juscelino Kubitscheck cruz. com Rua Goiás

Ponto 03

Av. Saul Elkind cruz. com Av. Francisco Gabriel Arruda

Ponto 04

Av. Winston Churchill cruz. com Av. Henrique Mansano

Ponto 05

Av. São Paulo cruz. com Rua Benjamin Constant

Ponto 06

Av. Juscelino Kubitscheck cruz. com Av. Higienópolis

Ponto 07

Av. Juscelino Kubitscheck cruz. com Av. Santos Dumont

Ponto 08

Av. Brasília (BR 369) cruz. com Rua Suindara

Ponto 09

Av. Juvenal Pietraroia cruz. com Av. Soiti Tarumã

Ponto 10

Av. Luigi Amorese cruz. com Av. Universo

Ponto 11

Av. Saul Elkind cruz. com Av. Angelina Ricci Vezozzo

Ponto 12

Av. Ayrton Senna cruz. com Rua Bento Munhoz da Rocha Neto

Ponto 13

Av. Saul Elkind cruz. com Rod. Carlos João Strass

Ponto 14

Av. Tiradentes cruz. com (Rod. BR 369) Próximo ao Ney Braga

Ponto 15

Av. Tiradentes cruz. com Av. Maringá

Ponto 16

Av. Higienópolis cruz. com Av. Madre Leonia Milito

Ponto 17

Av. Duque de Caxias cruz. com Rua Portugal

Ponto 18

Rod. Carlos João Strass cruz. com Av. Silvio de Barros

Ponto 19

Rod PR 445 (pontilhão do Jamile Dequesh)

Ponto 20

Rod. PR 445 cruz. com Av. Valdomiro Ferreira da Silva

As Câmeras de vídeo monitoramento e os radares (tipo fixo e misto) entram em funcionamento a partir desta terça-feira (01).

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.