Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Grupo de vereadores formado no fim do ano passado se reúne pela primeira vez nesta quarta-feira (12), às 14 h, para definir cronograma de trabalho

Criada na última sessão ordinária do ano passado, a Comissão Especial de Estudo e Análise do Horário de Funcionamento dos Estabelecimentos Localizados no Município de Londrina se reúne pela primeira vez nesta quarta-feira (12), às 14 horas, na sala de reuniões da Câmara de Londrina. O grupo de vereadores vai definir quem serão os convidados dos encontros seguintes. A intenção é chamar representantes de entidades de classe, sindicatos e instituições de Londrina. Os integrantes da comissão também pretendem visitar cidades em que o comércio funciona em horário expandido.

O presidente da comissão especial, vereador Jamil Janene (PP), afirma que será realizada uma discussão abrangente sobre o tema, que atenda aos anseios de comerciantes, empregados e consumidores. Uma das sugestões é que as lojas adotem dois turnos de trabalho para contemplar um possível horário estendido de funcionamento. "Vamos discutir a segurança, a iluminação no Centro de Londrina. Vamos buscar informações sobre cidades onde existe esse trabalho de dois turnos [no comércio], se está dando certo, se gerou mais emprego, se mexeu na economia da cidade. Nós vamos fazer várias visitas, reuniões e discutir, porque nós não queremos só resolver o problema do patrão, mas também queremos garantir o direito dos trabalhadores", explica.

A comissão especial foi criada no dia 19 de dezembro de 2019, na última sessão ordinária do ano passado. Além do vereador Jamil Janene (PP), compõem o grupo o vereador Felipe Prochet (PSD), como relator, e o vereador Eduardo Tominaga (DEM), como membro. A comissão tem 120 dias para apresentar o relatório final dos trabalhos, prazo que pode ser prorrogado por mais 60 dias.

Na avaliação de Jamil Janene, a concorrência dos shoppings centers prejudica o comércio de rua. Segundo o vereador, a comissão pretende apresentar uma proposta para fortalecer a região central de Londrina, com mais segurança e comodidade, para que os lojistas possam competir de igual para igual com os shoppings. "Tendo a opção do shopping, vai enfraquecendo o Centro. Queremos garantir o fluxo de pessoas no Centro de Londrina, inclusive com pessoas de cidades vizinhas, que venham gastar, frequentar restaurantes, visitar a região. Lembrando que essa comissão foi constituída para gerar mais emprego, mexer na economia da cidade. Vamos discutir nesse sentido", ressaltou.

Vinicius Frigeri/Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios