Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nesta semana, teve início a reforma completa da Leste-Oeste e também estão em andamento duplicações e reconstruções, além de pavimentação em todas as regiões

A Prefeitura de Londrina está neste momento executando, por toda a cidade, pavimentação e diversas obras, incluindo duplicações, revitalizações e reconstruções, que vão garantir  melhor fluidez do trânsito, vias mais preparadas para o tráfego do transporte coletivo, entre outras melhorias. E, nesta semana, começaram as obras de pavimentação e drenagem da Avenida Arcebispo Dom Geraldo Fernandes (Leste-Oeste), onde serão investidos mais de R$14,891 milhões.

Dividida em dois lotes, sendo o primeiro entre as avenidas Universo e a Rio Branco, e o segundo da Avenida Rio Branco até o cruzamento com a Dez de Dezembro, a obra da Avenida Leste-Oeste iniciou na terça-feira (11), próximo ao terminal urbano da região oeste. O secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, antecipou que os serviços incluem novas galerias pluviais, ciclovia e sinalização viária. “Toda a Leste-Oeste vai ser revitalizada, com nova recomposição asfáltica. E nos locais onde serão instalados pontos para ônibus articulados, será construída uma pavimentação de concreto, rígida”, detalhou.

No primeiro lote da obra, a empresa Weiller Construção Civil, contratada por meio de licitação para execução dos serviços, já deu início ao processo de fresagem. Com o uso de uma máquina, a capa asfáltica é retirada para a via receber uma nova pavimentação. Caso haja sistema de galerias pluviais, elas são refeitas também. Por conta desses serviços, a Leste-Oeste está com a pista interditada no sentido bairro-centro, e o trânsito desviado para a Rua Casimiro de Abreu, que é paralela.

De acordo com Verçosa, a Prefeitura e a construtora definiram um cronograma de trabalho, onde cada lote foi subdividido em etapas de execução. Neste planejamento, foram estipulados quais serviços que serão feitos em cada área e o prazo de execução. “Na primeira etapa do Lote I, está sendo feita a recomposição da pista no sentido bairro centro, partindo do cruzamento na Rua Casimiro de Abreu até a Avenida José de Alencar. A estimativa é de quinze dias de execução nesta etapa. Na sequência, é feita a rotatória com a Avenida Universo, durante cinco dias, e na etapa três é fechado o trecho até a Avenida José de Alencar. No total, a estimativa é de execução completa em até 40 dias”, detalhou.

Os dois lotes de obras da Leste-Oeste têm prazo máximo de execução estipulado em 12 meses. O secretário municipal de Obras e Pavimentação citou que o projeto da Leste-Oeste é similar ao que está sendo realizado na Avenida Francisco Gabriel Arruda, na zona norte. “Esse projeto prevê a execução de obras também na Rio Branco e Winston Churchill. Todos eles incluem recuperação da pista, ciclovias, e instalação de piso rígido para os pontos de ônibus”, citou.

Na Avenida Francisco Gabriel Arruda, a reconstrução iniciou em setembro de 2019. Com investimentos na ordem de R$5.103.270,27, oriundos do Programa Pró-Transporte mais contrapartida do Município, o prazo previsto para finalização dos serviços é de 240 dias.

Viaduto

A revitalização da Leste-Oeste se soma ao viaduto que está sendo construído no cruzamento com a Dez de Dezembro. Iniciado em agosto de 2018, a obra está com mais de 65% dos serviços executados. Estão em andamento a pavimentação da alça de acesso no sentido centro-sul, concretagem e armadura da laje superior da estrutura do viaduto, e foi feito o acerto dos taludes. “Temos um cronograma estabelecido para entrega no final de março, e estamos trabalho com essa expectativa. Pode ser necessário conceder um prazo maior, mas a execução da obra está andando bem, e por isso temos a previsão de conseguir manter o prazo previsto em contrato”, informou Verçosa.

Arco Leste

Outro grande projeto urbano desenvolvido na cidade é o Arco Leste, para interligação das regiões sul e norte. Estão em andamento os serviços dos lotes 1, para o prolongamento da Avenida dos Pioneiros, a partir da rotatória da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), e o 3, que fará a ligação das Avenidas José Ventura Filho à Robert Koch, com uma nova pista que será construída contornando o aeroporto. “O trecho 2 já foi concluído e entregue pela empreiteira, porém é necessária uma adequação na rotatória em frente à UTFPR. Esse trabalho deve ser finalizado nos próximos quinze dias. Houve já a pavimentação, iluminação pública, falta apenas essa adequação que a Prefeitura está realizando”, informou o secretário municipal de Obras.

Duplicações

Duas importantes avenidas de Londrina passam por obras de duplicação e alargamento. Na Rua Prefeito Faria Lima, os trabalhos também foram divididos em dois lotes, sendo que o primeiro está em fase de conclusão, entre a Avenida Aniceto Espiga, próximo da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Rua Bento Munhoz da Rocha Neto, no Aterro do Lago Igapó. Este lote compreende cerca de 900 metros.

O segundo lote de duplicação da Faria Lima, que iniciou em junho de 2019, inicia na Rua Bento Munhoz da Rocha e finaliza na Avenida Maringá. “Ali temos a execução de uma segunda ponte, para cruzar o Ribeirão Cambezinho, onde é o Aterro do Igapó. E será feita, ao lado dessa ponte, a instalação de um bueiro celular. Estamos cobrando um empenho, por parte da empresa, para readequar os cronogramas e recuperar os atrasos”, comentou Verçosa.

Outra duplicação próxima de sua conclusão é da Avenida Aminthas de Barros, na zona sul. Os serviços começaram na esquina com a Avenida Higienópolis, seguiram na Rua Antônio de Morais Barros e finalizam na Souza Naves, próximo à Rua da Canoagem. “Essa obra também está em fase final, e acreditamos que ainda este mês será entregue o trecho da Souza Naves”, antecipou o secretário.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios