Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Com quatro novos empreendimentos lançados em Londrina e um em Cambé, MRV segue investindo na região, um dos mercados imobiliários mais promissores do Paraná

O setor da construção civil se destacou como um dos mais resilientes durante o ano passado, sendo o segundo maior empregador no Paraná.  Em dezembro, o “Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios”, realizado anualmente pela empresa de consultoria e inteligência Urban Systems, posicionou Londrina na 25ª colocação da categoria Construção Civil no levantamento do top 100 cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes. Um exemplo do bom momento do mercado imobiliário na cidade, a MRV, plataforma líder em soluções habitacionais no Brasil investiu aproximadamente R$ 82 milhões em empreendimentos na região de Londrina.

Foram quatro novos lançamentos em Londrina: os residenciais La Bernardi, Lago di Garda, Lago Melville e La Savona somam juntos 940 apartamentos. A empresa lançou no ano passado também o Residencial La Sena, com 132 unidades habitacionais na cidade vizinha de Cambé. As obras movimentam a economia local, com geração de empregos diretos e indiretos.

Segundo a gestora comercial da MRV, Lilian Tavares, mercado de Londrina e Região manteve os bons resultados, mesmo durante a pandemia, e apresenta boas perspectivas para 2021. “O desenvolvimento econômico da cidade e a qualidade de vida fazem de Londrina uma região muito atrativa para moradores de outras cidades do Paraná e também de outros estados”, explica Tavares. “Essa alta demanda tem estimulado o aquecimento do mercado local. A região de Londrina é um dos mercados com maior potencial de crescimento no Paraná e seguiremos investindo em novos lançamentos em 2021”, destaca.

Douglas Rodrigues/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios