Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Às vésperas das férias e em tempos de festas de inverno uma parceria entre a Copel e os aeroportos está fazendo um alerta sobre o risco que pipas e balões representam, tanto para o fornecimento de energia elétrica, quanto para a navegação aérea. Nesta quinta-feira, profissionais da companhia de energia e da Infraero visitarão duas escolas na região do aeroporto de Londrina, para conversar com as crianças sobre a prevenção de acidentes nesta época do ano. Trabalho semelhante está sendo desenvolvido pelos órgãos também em Curitiba e Maringá, enquanto mensagens no rádio e nas redes sociais reforçam o recado à toda população.

Em julho do ano passado, um balão deixou 130 mil domicílios em bairros da zona norte de Curitiba, após cair sobre uma linha de alta tensão, causando curto-circuito. Em agosto, um balão sobrevoou os bairros Tarumã e Jardim Social, rota dos aviões para o Aeroporto do Bacacheri. Já as pipas e outros objetos estranhos em contato com a rede elétrica causaram, só este ano, 717 desligamentos em todo o Paraná. Na última semana, uma criança ficou ferida em Ponta Grossa, quando tentava retirar o brinquedo da rede elétrica com uma vara de bambu.

Alerta sobre pipas e balões

Quinta-feira, 04/07
09h - Escola Municipal Suely Ideriha - Rua das Araras, 135
14h - Escola Municipal Suely Ideriha (turmas da tarde)
15h - Escola Municipal San Izidro - Rua Maria de Oliveira Melo, 285

Rakelly Calliari Schacht/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios