Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Animais são retirados de local ocupado irregularmente próximo à Fazenda Refúgio

A secretaria municipal de Defesa Social, através da Guarda Municipal, mais a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), a secretaria de Agricultura e a secretaria do Meio Ambiente, realizaram a desocupação em um terreno público municipal ontem, 11. Denúncias apontavam que algumas pessoas teriam construído uma baia para abrigar cavalos e um galinheiro em um espaço de cerca de 1000 m² no terreno público localizado na esquina das ruas Claudionor Réis com Adolfo Lopes de Oliveira, no Parque Residencial João Piza, zona sul de Londrina.

De acordo com o inspetor da Guarda Municipal, Ederson Reis, a ação da GM evitará uso irregular do espaço público e trará mais segurança para o bairro. “Este local é uma extensão da Fazenda Refúgio. Populares guardavam animais de grande porte no local. Alguns desses animais já saíram dessas baias improvisadas e quase causaram acidentes. A empresa terceirizada está presente aqui e vamos recolher os animais. No total são 4 cavalos”, informou.

Londrina conta com o decreto nº 1544/2018 que proíbe a criação, trânsito e a manutenção de animais de grande porte na área urbana de Londrina. Moradores do entorno do local desocupado nesta manhã foram orientados a informar a central 153 da Guarda Municipal caso haja alguma outra ocupação.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios