Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Entre as atrações destaca-se a valorização de artistas londrinenses que preenchem a programação com bate-papos ao vivo, lançamento de clipes e documentários

A Vila Cultural Canto do MARL acaba de anunciar uma diversificada programação cultural em formato online para o mês de agosto. A programação contará filmes, clipes musicais e transmissões ao vivo. Entre atrações confirmadas estão as bandas Caburé Canela e Maracajá, Melissa Campus, o projeto Marcas no corpo e também Luiza Braga.

No dia 14 de agosto, sexta-feira, a Banda Caburé Canela disponibiliza o documentário Andanças Sonoras para exibição. O filme conta um pouco da história da primeira turnê da banda londrinense. Foram cerca de 19 shows em 11 cidades nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A circulação contou com o patrocínio do PROMIC (Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Londrina).

Banda Maracajá lança o clipe Reza

Na sexta seguinte, dia 21 de agosto, a banda Maracajá laça o clipe Reza. Com o registro de Vitor Pedrassoni, a letra foi criada pelo ator, escritor e percussionista londrinense Luan Valero. A banda explica que a canção surge no contexto das últimas eleições, diante do assassinato do mestre de capoeira Moa do Catendê e expressa um pouco da necessidade de gritar. “Reza é uma canção que fala sobre negritude, sobre nossos mestres e mestras pretos e pretas e serve pra relembrar os antepassados, pra relembrar e se orgulhar da nossa cor” - Conclui.

Além disso, a programação prevê uma série de bate-papos ao vivo. Começando com o grupo Marcas no Corpo, às 19h, na quarta-feira dia 12 de agosto. O grupo irá contar um pouco das oficinas que realiza com mulheres e de todo esse universo que esses diálogos possibilitam.

Segundo, no dia 25, também às 19h, Raquel Palma irá conversar com Luiza Braga que é Londrinense Artista, Produtora Cultural no Coletivo Quizomba, Podcaster no Lado Black, Batuqueira de Maracatu, Sambista e atualmente parte da Nós - Popular e Comunitária, mandata coletiva pré-candidata a Câmara dos Vereadores de Londrina.

E por fim, a programação se encerra no dia 28, às 19h, com a participação especial e internacional de Mel Campus. Atualmente residente na Itália, a artista londrinensefará um bate-papo com o ator Herbert Proença. Mel Campus é uma das fundadoras do Coletivo ElityTrans, integrante da Cia. Teatro de Garagem e da Cia. Translúcidas de Teatro, além de participar de diversas ações e coletivos que entrelaçam arte com militância trans e travesti. Na conversa, trajetória artística e a busca de possibilidades para a construção de uma arte protagonizada por pessoas trans e travestis na cidade de Londrina.

A Vila Cultural Canto do MARL conta com o patrocínio do PROMIC – O programa Municipal de Incentivo à Cultura de Londrina.

Confira a programação completa:

12/08 - 19h - Live Cultura em Resistencia com “Marcas no Corpo”

14/08 - 19h - Andanças Sonoras – Mini-documentário da banda Caburé Canela

21/08 - 19h - Lançamento do clipe: Reza – Banda Maracajá

25/08 - 19h - Trajetória e construção: Bate papo com Luiza Braga

28/08 - 19h - Cultura em Resistencia: “Sala de Estar”

Lucas Godoy/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios