Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), esteve, na quarta-feira (25), na Secretaria Estadual de Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), para uma reunião com o chefe do Departamento de Políticas para a Pessoa Idosa, Fernando Castellano.

Eles conversaram sobre as parcerias e o trabalho das políticas públicas voltadas para os idosos no Paraná. Uma das reivindicações do deputado foi a implantação de um Centro Intergeracional em Londrina. Segundo a Sejuf, o investimento em um espaço como este é de cerca de R$ 5 milhões.

“São espaços em que idosos e jovens terão atividades culturais, esporte e lazer podendo trocar experiências entre si! Uma espécie de shopping de serviços. A intenção é promover a relação mútua entre as gerações. O conceito de práticas intergeracionais é ainda relativamente novo no Brasil”, disse o deputado Cobra Repórter.

O deputado também conversou sobre a possibilidade de levar para as cidades do norte do estado (como Rolândia e Londrina, por exemplo) o programa Viver Mais Paraná, que tem por objetivo atender o público idoso do Estado. O intuito é construir condomínios onde os beneficiários poderão viver em um local adequado com itens compatíveis às suas necessidades visando uma vida mais saudável e menos solitária.

“O programa poderá ser implementado em todos os municípios paranaenses que possuam população acima de 30 mil habitantes. Os condomínios terão infraestrutura de lazer completa e ainda ambulatório para atendimentos médicos básicos”, explicou o deputado Cobra Repórter.

Os imóveis serão construídos com recursos do tesouro estadual e serão alugados. Os condôminos pagarão 15% de um salário-mínimo e as taxas serão reinvestidas na política habitacional do Estado. As áreas serão doadas pelas prefeituras municipais e/ou adquiridas pela Cohapar.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios