Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, apresentou, ontem (16), um requerimento, na Assembleia Legislativa, solicitando a implantação de um Crematório Animal Público Regional em Londrina para animais de estimação e de pequenas propriedades rurais, integrantes do Programa de Agricultura Familiar e, também, animais mortos por atropelamento em ruas e rodovias. O requerimento foi endereçado ao governador Ratinho Junior, ao secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Marcio Nunes, e ao secretário estadual de Agricultura, Norberto Ortigara.

“Este é um pedido antigo de famílias de Londrina e região que possuem animais de estimação. Peço que o Governo do Estado seja sensível à causa e possa nos ajudar com um serviço gratuito para que seja dado um tratamento digno no momento do falecimento de seus queridos animais”, explicou o deputado Cobra Repórter.

Vale destacar que Cobra Repórter é um defensor da causa animal! Ele é autor da Lei Estadual nº 19.472/2018, que instituiu o Julho Dourado. O objetivo é realizar ações e motivar a população para que reflita sobre o bem-estar dos animais de rua e animais domésticos de estimação (pets) e a importância da prevenção de zoonoses.

O deputado também está solicitando a construção de um Hospital Regional Público Veterinário em Londrina para atendimento de animais de estimação e animais de pequenas propriedades rurais integrantes do Programa de Agricultura Familiar, cuja criação não tenha objetivo comercial. Ele já fez contatos com o secretariado estadual e apresentou requerimento na Assembleia Legislativa formalizando o pedido.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.