Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Vara Maria da Penha de Londrina, atualmente, tem mais de 10 mil processos em andamento. Mais de 3 mil mulheres vítimas de violência têm medidas protetivas na cidade. Com todo esse volume de processos, algumas audiências estão sendo marcadas para 2022.

Por conta dessa demanda, o deputado Cobra Repórter apresentou, na quarta-feira (27), um requerimento, na Assembleia Legislativa (Alep), solicitando urgência para constituição e implantação de mais uma unidade da Vara Maria da Penha, na Comarca de Londrina. O requerimento foi endereçado ao Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná e ao Governador do Estado Ratinho Junior.

“O Norte do Paraná tem essa necessidade visto o elevado índice de violência sofrida por nossas mulheres. Observe-se que as audiências de instrução estão sendo agendadas vergonhosamente para o ano de 2022, por falta de estrutura de atendimento. Temos que dar um basta nessa sensação de impunidade e inexistência de justiça”, explicou o deputado Cobra Repórter.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios