Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Restam 5.500 cartas-matrículas a serem entregues a pais e responsáveis por alunos da rede municipal; confirmação começa dia 4 de novembro

Mais de 1.500 pais de alunos da rede municipal de ensino buscaram a carta-matrícula de seus filhos somente no primeiro dia de entrega do documento. Aqueles que ainda não fizeram isso têm até esta sexta-feira, dia 1º de novembro, para comparecer na unidade escolar em que cadastraram os menores, durante o chamamento público escolar de 2020.

Veja também:

Mês da Pessoa Idosa encerra nesta semana

Londrina: Endemias faz exposição sobre dengue e escorpião para idosos

Acesf inicia preparativos para o feriado de finados

Projeto que prevê multa a usuários de drogas receberá substitutivo

Londrina institui Semana e Dia de Conscientização e Combate ao Feminicídio

Ao todo, a Secretaria Municipal de Educação (SME) tem 7 mil cartas-matrículas para serem entregues até sexta-feira (1º). Elas são referentes aos processos em que os pais e responsáveis escolheram trocar os alunos de unidade escolar ou para os casos em que a escola ou Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) não ofertam o ano subsequente para a continuidade do ano letivo correspondente. Por isso, nesses casos, os técnicos da SME realizaram a escolha da unidade através do sistema de georreferenciamento.

Para a retirada da mesma é preciso apresentar um documento pessoal com foto (RG) do responsável pelo menor. Com a carta em mãos, os pais são informados sobre o local onde o aluno estudará em 2020 e, por isso, mesmo eles devem efetivar a matrícula dos pequenos na unidade indicada na carta-matrícula. Pais que tiverem dúvidas podem entrar em contato com a Educação, de segunda a sexta-feira, pelos telefones 3375-0235 ou 3375-0236.

Segundo o gerente de Matrícula e Documentação Escolar da SME, Junior Cesar Dias de Jesus, é importante lembrar que os pais que desejarem alterar a escola ou CMEI escolhido pelo sistema devem, obrigatoriamente, confirmar a matrícula dos estudantes nas próximas duas semanas, ou seja, de 4 a 14 de novembro. “A confirmação da matrícula cabe a todos os alunos da rede municipal que trocaram de unidade escolar, mesmo para aqueles que não estão satisfeitos com a escolha feita pelo sistema, porque a confirmação garante uma vaga na rede municipal. Por isso, mesmo que os pais venham a escolher outra escola ou CMEI em janeiro de 2020, eles precisam confirmar a matrícula a partir da próxima segunda-feira, tendo em mãos a Carta-Matrícula que estamos entregando até sexta-feira dessa semana (1º)”, ressaltou.

Troca de unidade escolar

Caso o responsável pelo aluno esteja insatisfeito com a unidade escolar escolhida pelo sistema de georreferenciamento do município, ele deverá ir até a escola ou CMEI que tem interesse em matricular a criança no dia 27 de janeiro de 2020. Caso, esta unidade escolar não tenha mais vaga, o pai ou a mãe devem procurar a sede da Secretaria de Educação, que fica na Rua Mar Vermelho, 35, Jardim Cláudia, esquina com a Avenida Madre Leônia Milito, para demonstrar interesse na troca.

Demais casos

Os outros 7 mil pais que mostraram interesse em deixar o aluno estudando na mesma unidade escolar em que ele já vem frequentando não precisam se preocupar, pois o processo de matrícula destes já está concluído e confirmado para 2020.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios