Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A governadora Cida Borghetti faz nesta terça-feira, 31, em Londrina, a segunda audiência pública para discutir o novo modelo de pedágio no Paraná. O encontro no Iapar, a partir das 14h, vai reunir usuários, associações comerciais, empresários, prefeitos, vereadores e lideranças da região Norte do Paraná. Cida tem reiterado que o novo modelo de pedágio terá que contemplar mais obras nas rodovias e tarifas, em média, 50% mais baixas do que as praticadas atualmente.

A primeira reunião foi em Cascavel na terça-feira, 24. A intenção do Estado, segundo Cida Borghetti, é a de iniciar os processos licitatórios das novas concessões em 2020 para que, em 2021, as vencedoras possam assumir as concessões. “Estamos começando a definir, junto com a sociedade, um novo modelo de concessão, que alie mais obras e tarifas mais justas. Queremos saber o que cada região precisa, quanto quer pagar e quais são as obras necessárias para cada uma”, disse.

Cida afirmou, ainda, que a mudança significa justiça tarifária. “Queremos mais segurança nas estradas e mais oportunidades para desenvolvimento dos municípios, porque o valor do pedágio é caro, o modelo é bastante antigo e isso vem impactando muito na vida do cidadão paranaense e no bolso do produtor”.

Há poucas semanas, a governadora Cida Borghetti encaminhou notificações às concessionárias alertando que os contratos seriam finalizados e para que fossem iniciadas as medidas para o encerramento das concessões. Na sequência as reuniões serão em Ponta Grossa, Maringá, Paranaguá, Guarapuava e Curitiba. Os eventos estão sendo organizados pelo DER e pela Agepar.

Cristiane Mari Rodrigues/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios