Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Material reúne textos produzidos por alunos da rede municipal, estadual e privada a partir do jogo Trilha da Paz

Será realizada, nesta quarta-feira (9), às 10h, na sede da Unicesumar (av. Santa Mônica, 450), a entrega oficial da 18ª edição da coletânea Londrina Pazeando. Este momento marca o recebimento dos livros pelos 26 alunos de escolas municipais, estaduais e particulares que, além de terem seus textos publicados no material, passam a se tornar novos promotores da paz na cidade. Trata-se de mais uma atividade que integra a celebração dos 20 anos de atuação da ONG Londrina Pazeando.

A iniciativa é uma organização da instituição Londrina Pazeando, com apoio do Conselho Municipal de Cultura de Paz (COMPAZ), da Secretaria Municipal de Educação (SME), da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), do Núcleo Regional de Educação de Londrina e do Sindicato das Escolas Particulares de Londrina (SINEPE).

Alunos, professores, pais e diretores das escolas participantes da 18ª edição do livro foram convidados para a entrega, que ocorrerá de forma breve e com número limitado de pessoas.

Por conta das restrições referentes à pandemia do novo coronavírus, cada aluno poderá comparecer para ganhar seu livro com apenas um acompanhante, e a entrega será feita de forma ordenada, sem aglomerações, respeitando todas as normas sanitárias e de segurança.

Pela primeira vez, desde que teve início, o projeto foi realizado fora das salas de aula, com atividades à distância e adaptações ao novo cenário, mas cumprindo o papel de estimular a reflexão sobre a cultura de paz e a importância da resolução de conflitos baseada no diálogo. Participaram estudantes a partir do 4º ano, entre crianças e adolescentes.

A versão digital do livro está disponível no site londrinapazeando.org.br/livro-londrina-pazeando . O público pode acessar o material completo em formato PDF e também conta com a opção de ver a publicação virtual separada pelas escolas envolvidas no projeto, com os textos e nomes dos alunos. A versão física do livro também será distribuída para todas as escolas e bibliotecas de Londrina, e também em pontos como as secretarias municipais de Cultura e Educação. Em breve, será publicado também em formato eBook.

O secretário do COMPAZ e gestor do Londrina Pazeando, Luis Claudio Galhardi, afirmou que, mesmo com as circunstâncias do momento atual, é importante reconhecer o valor dos trabalhos produzidos e apresentados. “Lançamos mais uma edição da coletânea que já se tornou tradição entre as escolas da cidade, com o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura de paz na sociedade. A participação em 2020 foi naturalmente um pouco menor, devido à pandemia, mas os alunos e escolas envolvidas estão de parabéns por se envolver e dedicar tempo ao projeto. Mesmo com as dificuldades, o resultado é muito bonito novamente e reforça a importância da iniciativa. Neste ano, a entrega é mais um momento simbólico para os alunos retirarem seus livros, pois precisará ser breve e sem muitas pessoas presentes”, destacou.

Galhardi informou que haverá, em 2021, uma noite de autógrafos reunindo todos os autores e seus familiares, em data a ser marcada, quando as autoridades de saúde liberarem a realização de eventos como este. O encontro ocorre, anualmente, nas Livrarias Curitiba, no Shopping Catuaí. “Nessas 18 edições do livro Londrina Pazeando já tivemos muitas crianças e professores participando, com envolvimento dos pais, professores e a comunidade escolar como um todo. São textos, desenhos e jogos com muitas histórias e conversas sobre um mundo de paz na perspectiva dos participantes”, disse o gestor.

Todas as redações selecionadas para a atual edição do projeto tiveram como ponto de partida o jogo Trilha da Paz, jogado virtualmente pela plataforma Google Meet e utilizado como material pedagógico de apoio e incentivo ao dia a dia de convívio de construção de um ambiente de paz. O jogo de tabuleiro incentiva a reflexão sobre conceito de paz, de forma lúdica e didática. Os textos dos alunos foram feitos com base em duas perguntas: “O que você sentiu e aprendeu jogando a Trilha da Paz?” e “Por que foi importante Londrina pazear nestes 20 anos?”.

De forma virtual, para ser jogado ou impresso, o jogo pode ser encontrado pelo endereço londrinapazeando.org.br/jogos ou em link direto clicando aqui. Além disso, é possível conhecer o jogo visitando o Totem da Paz, localizado no Lago Igapó, com seus dois grandes Dados da Paz e o painel de visualização, representando mais um ponto de diversão positiva em Londrina localizado em um ponto turístico da cidade. Este formato do jogo foi inaugurado em 2019.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios