Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento, promovido pela Sala do Empreendedor, levou 15 estandes até a praça em frente à Prefeitura, com diferentes produtos e serviços

A 3ª edição da Feira do Microempreendedor Individual (MEI) reuniu centenas de pessoas ao longo da tarde da última sexta-feira (3), no Centro Cívico, em frente ao prédio da Prefeitura. O evento foi promovido pela Sala do Empreendedor e contou com a participação de MEIs, que são atendidos pelo serviço.

A Feira teve 15 estandes que ofereceram os mais variados artigos. O público pôde adquirir produtos como artesanatos, vestuário, decoração natalina e calçados, além das diferentes opções de gastronomia. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), parceiro da Sala do Empreendedor, esteve presente em todas as etapas do evento, desde a organização e o planejamento até a execução.

A Sala e a Casa do Empreendedor também tiveram seus estandes. Neles, orientaram os MEIs sobre diferentes assuntos e apresentaram as linhas de crédito voltadas aos microempreendedores, com taxas subsidiadas e condições facilitadas de pagamento. Diversas oportunidades de ampliação e desenvolvimento de negócios foram criadas no evento.

O vice-prefeito de Londrina, João Mendonça, representou o prefeito Marcelo Belinati e fez questão de prestigiar a Feira do MEI. “A nossa administração fica muito feliz em ver o prédio público da Prefeitura recebendo um evento tão importante como esse. Os empreendedores de Londrina podem sempre contar com o poder público. É a primeira edição depois da pandemia e já estamos ansiosos para no ano que vem fazermos a 4ª edição, com ainda mais expositores”, celebrou Mendonça.

Já o secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, destacou o atendimento que os MEIs recebem na Sala do Empreendedor. “O evento é uma grande festa e um instrumento para ampliar o alcance e a visibilidade dos nossos MEIs. Para estar na Feira, esses empreendedores receberam o suporte ao longo do ano. A simples emissão de um boleto, o planejamento de posicionamento e a construção de um novo processo por meio de uma consultoria dos excelentes consultores do Sebrae são exemplos de serviços que os MEIs encontram na Sala do Empreendedor e que fazem diferença em seus negócios”, acredita o secretário.

Para a gerente da Sala do Empreendedor, Marilsa Cardoso, a realização da Feira fechou um 2021 com chave de ouro. “Ao longo do ano, mesmo com a pandemia, fizemos muita coisa. Tivemos uma mudança física para oferecer um espaço ainda melhor aos MEIs e fomos muito bem recebidos na Secretaria do Trabalho, aumentamos nossa atuação on-line, criamos novas ferramentas de atendimento, promovemos diversas capacitações, rodadas de negócio e isso é só o começo de uma grande retomada. Com muito amor e dedicação, teremos um 2022 ainda melhor”, garantiu a gerente.

O gerente da regional norte do Sebrae, Fabrício Bianchi, também comemorou a realização da Feira. “Poder sair dessa fase e ver uma Feira tão legal, com os microempreendedores empolgados e reconhecendo os esforços da Prefeitura, da Sala do Empreendedor e do Sebrae em fazer o melhor por cada um deles, só legitima todo o trabalho que é desenvolvido por todos os envolvidos. Fazemos tudo isso para que o sonho de abrir e desenvolver o seu negócio se torne realidade. Levar a informação e garantir o acesso aos benefícios dos londrinenses em se tornarem MEIs é, também, um dos grandes objetivos de Feiras como essa”, pontuou.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.