Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Aeração do solo visa manter o gramado saudável e ajudar no crescimento de novos brotos de grama, necessários para manter o campo adequado aos jogos de futebol

A Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes (FEL), fará a descompactação do gramado do Estádio Municipal Jacy Scaff (Estádio do Café), que fica na Avenida Henrique Mansano, 889, Jardim dos Alpes. Os trabalhos terão início nesta quinta-feira (2) e devem levar de dois a quatro dias.

O serviço conta com a aeração do gramado, top dressing, fertilização e remoção do excesso de grama conhecido como “colchão” ou “thatch”.  Esse processo é necessário para manter o gramado saudável e faz parte dos cuidados de manutenção do espaço. Com ele, garante-se o crescimento de novos brotos de grama, fortalecimento das raízes e uma absorção maior dos nutrientes e adubos aplicados.

Tudo isso ajuda a manter o campo adequado aos jogos de futebol, pois quando o solo fica compactado, impede-se a troca de gases entre o ar e o solo; dificulta-se a infiltração de água, prejudicando a drenagem; e limita-se o crescimento de uma grama nova. “Devido à pandemia de Covid-19, houve uma prorrogação dos campeonatos de futebol, por isso não conseguimos fazer a descompactação antes. Agora, o procedimento está liberado e será realizado”, explicou o presidente da FEL, Marcelo Oguido.

O procedimento é realizado com equipamento profissional, que perfura o gramado, através de pinos de 15 a 25 cm de extensão. Já o top dressing é a aplicação de mistura de areia lavada com fertilizantes e substratos para gramados. Feito com o uso do equipamento chamado Top-Dresser, seu objetivo é regularizar a superfície ao mesmo tempo em que adiciona nutrientes ao solo.

Para executar esses trabalhos, a Prefeitura realizou licitação com o valor máximo de R$ 79.775,02. Através do processo licitatório a Prefeitura de Londrina conseguiu economizar 14% do valor previsto, fechando os trabalhos ao custo de R$ 68 mil. Com esse valor, contratou-se duas descompactações, pois esse trabalho deve ser realizado a cada seis meses. A empresa responsável pelos trabalhos será Grasstecno Gramados, Paisagismo e Serviços Ltda.

Ao todo, o Estádio do Café tem 11 mil m² de área, sendo 8.800 m² do campo e 2.200 m² de entorno. Após os trabalhos de manutenção, o Café volta a receber jogos, com a partida do Londrina x CSA no dia 18 de setembro.

Sala do VAR

Além de manutenção do gramado, a Prefeitura de Londrina também realizou outras melhorias no Estádio Municipal, como a construção da Sala do VAR (Video Assistant Referee).

Por meio de uma parceria envolvendo diversas secretarias e órgãos municipais, como a Obras e Pavimentação, Educação, FEL, e a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), o Londrina Esporte Clube e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), foi possível remanejar o espaço destinado ao VAR.

Antes, a área era composta por duas salas e, agora, com a retirada de uma parede, o espaço foi ampliado, recebeu pintura, novos pisos e equipamentos, com instalação de aparelhos de ar-condicionado, televisores, computadores, mesas e cadeiras.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.