Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Valores médios da gasolina comum e etanol subiram 9,70% e 13,5%, respectivamente, em relação ao mês anterior

O Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-LD) publicou, ontem (2), nova pesquisa de preço dos combustíveis. O levantamento foi realizado no dia 24 de fevereiro, consultando 95 postos de combustíveis situados em Londrina.

O diretor-executivo do Procon-LD, Thiago Mota Romero, informou que a íntegra do relatório já está disponível na página do Procon-LD, no Portal da Prefeitura. “Além do resumo com valores médios da gasolina e do etanol, publicamos o índice completo com os preços de cada estabelecimento, divididos por região da cidade, para facilitar a pesquisa do consumidor”, afirmou.

Para a gasolina comum, foi observado um preço médio praticado de R$ 5,01. Esse valor corresponde a um aumento de R$ 0,49 (9,70%) em relação à última pesquisa, feita no dia 27 de janeiro. O preço mínimo identificado foi de R$ 3,99 e o valor máximo R$ 5,49.

Quanto ao Etanol, o valor médio em todos os postos foi R$3,69, aumento de R$ 0,50 (13,50%) em relação à pesquisa de janeiro. O maior valor constatado foi de R$ 4,19 e o menor valor foi R$ 3,39.

De acordo com o diretor-executivo do Procon-LD, alguns dos valores obtidos no dia 24 de fevereiro já tiveram aumento, diante do último anúncio de reajuste divulgado pela Petrobrás. “Estamos planejando novas fiscalizações em conjunto com o Ministério Público, Inmetro e a Agência Nacional do Petróleo. A ação é para conferir se o reajuste nas bombas foi imediato ao anúncio da Petrobrás, ou se os postos estão respeitando a chegada de novo combustível para alterar o valor”, antecipou.

Dentre o total de 95 postos consultados, 13 não forneceram informações e 19 não possuem contato ativo ou não atenderam o Procon-LD.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios