Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com realização da UEL, SESA e Secretaria Municipal de Saúde, encontro busca oferecer atualização profissional e acadêmica

Londrina sedia, nesta sexta-feira (30) e sábado (31), o I Congresso Pé Vermelho de Saúde Mental. O evento, voltado a profissionais e estudantes da área da saúde, é uma realização da Universidade Estadual de Londrina (UEL), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde (SESA). A programação inclui palestras, mesas-redondas, apresentação de trabalhos acadêmicos e comemoração do aniversário de 15 anos do curso de Especialização em Saúde Mental, da UEL.

A diretora de Serviços Complementares em Saúde do Município, Cláudia Denise Garcia, ressaltou a importância de Londrina ofertar um encontro desse porte, para trocar experiências acerca da saúde mental. “Nunca temos, na região, encontros como esse. A saúde mental é algo extremamente atual, muitas pessoas adoecem, todos os serviços de saúde atendem esse tipo de paciente, mas essas discussões não têm ocorrido aqui, sempre temos que ir para outras cidades, até mesmo outros estados, para nos capacitar. Por isso tivemos a iniciativa de iniciar esse congresso em Londrina, para atualização de profissionais e estudantes sobre esse tema”, frisou.

As inscrições para o congresso e minicursos podem ser feitas até o dia do evento, pela página da HUTEC, no link www.hutec.com.br/n/cursos.php . Os minicursos, que serão realizados na sexta-feira (30), das 14 às 17h30, vão abordar os temas Fobia Social, Intervenções digitais na adesão ao tratamento, O processo de alta de crianças e adolescentes no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil, Comunicação Não Violenta, e Prevenção ao uso de substâncias psicoativas.

A abertura oficial do I Congresso Pé Vermelho de Saúde Mental será às 18h30 de sexta-feira (30), com presença de autoridades e apresentação cultural. A palestra de abertura será com o doutor em Ciências da Saúde e coordenador do programa de Residência Médica em Psiquiatria da UEM, Mauro Porcu, com momento para perguntas do público.

E a agenda do sábado (31) abrange as mesas-redondas, que serão realizadas pela manhã e tarde. Os debates serão sobre os seguintes temas: Experiências Inspiradoras da Rede em Saúde Mental, Interface da Saúde Mental e Justiça, e Saúde Mental: Desafios e Perspectivas no cuidado da Infância. O encerramento do Congresso será às 15h45, com premiação de trabalhos apresentados.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios