Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Para participar é preciso possuir curso superior em Direito, Administração, Ciências Econômicas ou Ciências Contábeis, entre outros critérios

Nesta quinta-feira (10), encerra o período de inscrições para a processo seletivo que visa a escolha do novo controlador-geral do Município, o qual deverá permanecer no cargo por quatro anos, além do período do atual mandato do controlador, de seis meses. Para participar é necessário ser servidor público efetivo, da administração direta ou indireta do Município de Londrina, que atenda os critérios descritos na resolução n.º 002/2018 – CMTCL, disponível no link https://goo.gl/y1kCL4.

As inscrições podem ser feitas no Portal da Prefeitura de Londrina www.londrina.pr.gov.br. Para acessar diretamente, basta entrar no link https://goo.gl/R8rg5b. Dentre os critérios para participar do processo de seleção, o servidor deverá comprovar no mínimo cinco anos de efetivo exercício em função ou cargo que exija os conhecimentos nas rotinas administrativas de âmbito do Controle Interno do Município. Além disso, é preciso possuir curso superior em Direito, Administração, Ciências Econômicas ou Ciências Contábeis.

O presidente do Conselho Municipal de Transparência e Controle Social do Município de Londrina (CMTCSL), Fábio Vinicius Molin, disse que Londrina é a única cidade do Brasil que faz este tipo de seleção, que conta com a participação da sociedade civil organizada, por meio do Conselho de Transparência e Controle Social. “O CMTCSL atua em todo processo de seleção para a formação da lista tríplice. Isso amplia a participação da sociedade civil dentro do controle social, permitindo, por exemplo, um maior controle de onde os recursos públicos estão sendo aplicados”, ressaltou.

Encerrando o período de inscrições, o próximo passo será a análise dos inscritos, para ver se eles cumprem os requisitos necessários. Na sequência, será publicado um edital convocando os candidatos aptos para participarem de uma reunião pública, na qual os membros do Conselho Municipal de Transparência e Controle Social do Município de Londrina (CMTCSL) irão sabatinar os participantes.

Os servidores deverão apresentar um Plano de Trabalho e serão questionados pelos membros do Conselho com o objetivo de mensurar os conhecimentos. Em seguida, o CMTCS efetua a escolha dos nomes dos candidatos que irão compor a lista tríplice a ser encaminhada ao prefeito, que definirá o titular.

A divulgação da lista tríplice está prevista para 6 de junho e a publicação de nomeação deverá ocorrer entre os dias 11 e 26 de junho. Entre outras ações, o controlador-geral tem autonomia para o desempenho das atividades na administração direta, nas autarquias, fundações, empresas públicas, das quais o Município detenha o controle acionário e acesso a quaisquer documentos, informações e banco de dados indispensáveis e necessários ao exercício das funções de controle interno.

Sobre o órgão

A Controladoria-geral está diretamente ligada ao prefeito e busca fiscalizar, de forma prévia, concomitante e posterior, os atos administrativos, bem como a preservação e a aplicação correta dos recursos disponíveis, em atendimento ao programa de governo e zelando pelos princípios que regem a administração pública.

Atualmente o cargo está sendo ocupado interinamente pelo servidor e contador Marcos Urbaneja, que também é o superintendente da Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina (Caapsml). Até março deste ano, o cargo foi ocupado pelo servidor e economista João Carlos Barbosa Perez, por três anos e dois meses, tendo sido eleito pelo mesmo processo de seleção. Ele hoje é o secretário municipal de Fazenda.

Dayane Albuquerque/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios