Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ação tem como público prioritário integrantes do Conselho dos Direitos da Mulher, mas demais pessoas interessadas também podem participar

A partir desta semana, os integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e interessados em aprender mais sobre os avanços, as conquistas e os desafios na área de políticas públicas para as mulheres podem se inscrever em um curso gratuito ofertado no município. As inscrições prioritárias são para conselheiros municipais e podem ser feitas pelo link http://bit.ly/cursoMCD, até o dia 10 de fevereiro.

Em seguida, do dia 12 a 19 de fevereiro, serão abertas inscrições das vagas remanescentes para os demais interessados, através do mesmo link. O objetivo é oferecer uma formação para as conselheiras e conselheiros municipais a respeito da atuação frente ao controle social em políticas públicas para mulheres e sobre a importância da perspectiva interseccional dessas políticas.

Segundo a presidente do CMDM de Londrina, Rosalina Batista, o convite para a organização da atividade e de sua execução partiu dos próprios conselheiros municipais. “Tem muito conselheiro que não sabe as leis que regem o conselho, qual a importância da participação da sociedade na questão das políticas públicas e como participar de forma efetiva. Por isso, esse curso é um pedido do CMDM, para que a gente entenda o papel do conselho municipal, a importância das conferências e dos planos de políticas públicas. Isso porque, um plano é construído em cima das propostas debatidas nas conferência com a sociedade civil”, explicou.

As aulas serão à distância devido à pandemia viral, transmitidas pela plataforma ZOOM, nos dias 25 de fevereiro; 4, 11, 18, 25 de março e em 8 de abril, sempre às 16 horas. Os participantes terão aulas sobre o histórico do movimento de mulheres no Brasil, os avanços e conquistas na área de políticas públicas, e a transversalidade de gênero. Também serão abordadas as ferramentas para o planejamento, a gestão e o monitoramento dessas ações e a importância da realização de conferências nacionais, estaduais e municipais, assim como dos Planos de Políticas para as Mulheres existentes.

 “É importante termos esse curso, porque ele apresenta o debate sobre as políticas públicas para as mulheres pensadas de forma transversal. São elas que ajudam a orientar as ações dos governos e da sociedade, contando com a participação de diversos setores e atores sociais, ou seja, abrindo um espaço democrático de deliberações entre o poder público e a sociedade civil. Para quem ocupa cargos em conselhos, acredito que seja primordial”, disse a secretária de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes.

Entre as ministrantes da atividade estão a sanitarista e epidemiologista, Lígia Cardieri, a professora e política brasileira, Elza Correia, e a psicóloga e doutora em Ciências Sociais, Martha Ramirez-Gálvez; entre outras. O curso de formação sobre “Planejamento, Gestão e Controle Social de Políticas Públicas” faz parte do projeto Mulheres Construindo Democracia.

A realização é do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e tem o apoio da Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para a Mulher e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM). Mais informações podem ser acessadas clicando aqui e na página do Facebook do projeto.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios