Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento será transmitido ao vivo pelo Facebook do Ippul, na quarta-feira (5), e irá abordar quatro leis prioritárias vinculadas ao Plano Diretor

Na manhã de quarta-feira (5), será realizada apresentação prévia de estudos para revisão das Leis Urbanísticas de Londrina vinculadas ao Plano Diretor 2018-2028. Conduzida pela equipe técnica do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), a apresentação terá participação do prefeito Marcelo Belinati e do presidente do órgão, Tadeu Felismino. Haverá transmissão on-line na página do Ippul no Facebook, das 9h às 12h, e toda a comunidade é convidada a assistir o evento virtualmente.

Os interessados em conferir os estudos podem se inscrever através deste formulário on-line. A apresentação será transmitida direto do auditório da Prefeitura, e as vagas presenciais estão esgotadas.

As quatro leis vinculadas do Plano Diretor que devem ser discutidas e aprovadas ainda este ano são: Lei do Perímetro Urbano; Sistema Viário; Uso e Ocupação do Solo (LUOS); e Parcelamento do Solo. Este prazo foi estipulado na Lei Geral do Plano Diretor 2018-2028, aprovado pela Câmara Municipal e que será sancionada pelo prefeito Marcelo Belinati. Em relação às leis do Patrimônio Histórico e Cultural, de Arborização, Código de Obras, Código de Posturas e Código Ambiental, o prazo estabelecido pelo Plano Diretor encerra no ano de 2023.

Cada uma das quatro leis urbanísticas prioritárias já conta com estudos próprios desenvolvidos. Sobre a Lei do Perímetro Urbano, a apresentação ficará a cargo de Maria Eunice Garcia; da Lei do Sistema Viário, Gilmar Domingues; Lei de Uso e Ocupação do Solo, Vinicius Biazotto e Caroline Benek; e sobre a Lei de Parcelamento do Solo, Carina Nogueira e Ana Flávia Galinari.

De acordo com o presidente do Ippul, Tadeu Felismino, a apresentação desta quarta (5) abre o cronograma de revisão das Leis Urbanísticas. “O Plano Diretor dá as diretrizes e estratégias para desenvolvimento da cidade na próxima década. E essas diretrizes vão direcionar as leis que governam todo o desenvolvimento da cidade. É a complementação e conclusão do processo que define toda a legislação que vai regulamentar a vida da comunidade na próxima década”, comentou.

Para ele, Londrina tem uma oportunidade inédita em discutir e definir a lei geral do Plano Diretor e as leis específicas com tamanha proximidade. “Nas demais versões do Plano Diretor, de 1998 e 2008, houve um descompasso muito grande entre a aprovação do Plano e das leis específicas. Pela primeira vez teremos um marco legal novo e coerente. É uma oportunidade de ouro e também um desafio”, citou.

Dentro do cronograma de revisão das Leis Urbanísticas, no final de março está prevista a Conferência Municipal de Desenvolvimento Urbano, com eleição de novos membros do Conselho Municipal da Cidade (CMC). Durante a conferência, serão apresentadas as minutas das quatro leis prioritárias: Perímetro Urbano, LUOS, Parcelamento do Solo e Sistema Viário.

Entre abril e maio, serão realizadas oficinas técnicas com a Equipe Técnica Municipal, composta por representantes de todas as secretarias e órgãos executivos da Prefeitura, e do Grupo de Acompanhamento (GA), formado por representantes de entidades dos diversos segmentos da sociedade civil. Nessas oficinas, a expectativa é concluir a minuta dos projetos das quatro leis.

As audiências públicas para discussão e validação dos projetos das leis urbanísticas estão programadas para junho e julho de 2022. E na sequência, em agosto, a equipe responsável planeja apresentar a versão final dos projetos ao prefeito e encaminhar para a Câmara Municipal.

“É um trabalho gigantesco para o IPPUL, que coordena esse processo, e a comunidade deve acompanhar e validar. Essa apresentação de quarta (5) seria exclusiva ao prefeito e secretários. Mas o prefeito sugeriu que abríssemos para a população, e é isso que faremos. Não será uma audiência nem um evento formal, e sim uma apresentação prévia dos estudos”, acrescentou o presidente do Ippul.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.