Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O desconto existe apenas para pagamentos à vista dentro do prazo; a 2ª via do boleto bancário pode ser emitida no portal da Prefeitura

A última oportunidade para os londrinenses realizarem o pagamento do IPTU 2019 com 10% de desconto vai até esta sexta-feira (15), data final de vencimento. Têm direito ao benefício de desconto integral os contribuintes que pagarem seus boletos bancários à vista e dentro do prazo. Quem proceder dessa forma, ainda terá garantido mais 1% de desconto no IPTU para o ano seguinte, podendo chegar até 15% de desconto total ao longo dos anos. Aqueles que preferirem pagar de forma parcelada, conseguem dividir em até 11 vezes, com parcela mínima de R$50,00. Neste caso, não há o desconto progressivo.

A 2ª via do carnê do IPTU pode ser emitida no sistema online da Prefeitura, pelo endereço www.londrina.pr.gov.br . Os interessados devem clicar no banner IPTU 2019 que fica no menu do lado direito da página principal. É preciso apenas informar o número do CPF/CNPJ e a inscrição imobiliária do imóvel. Os boletos já incluem a taxa de cobrança da coleta de lixo.

O secretário municipal de Fazenda, João Carlos Barbosa Perez, chama a atenção dos contribuintes para o vencimento final e ressalta os descontos progressivos do programa municipal “Bom Pagador”, que concede desconto de 1% por ano para os pagamentos à vista de IPTU. “Os cidadãos que pagaram o IPTU de 2018 à vista, em 2019 já estão podendo efetuá-lo com 11%. E o programa estabelece que, todos que pagarem neste formato, terão garantido 1% para o próximo ano. Ou seja, o desconto pode chegar até 15% em 2023, período final de validade. Então, essa é uma ótima oportunidade de quitar o imposto com valores mais baixos”, enfatizou.

Para o IPTU 2019, a Prefeitura enviou 252.271 boletos bancários, em dois lotes. O primeiro vencimento ocorreu no dia 25 de janeiro, abrangendo 102.032 boletos, e este segundo gerou outros 150.239 boletos. Os pagamentos podem ser feitos em casas lotéricas e na rede bancária. Após o vencimento final, o IPTU em atraso gera juro de 1% ao mês e multa fixa de 2%.

Renan Oliveira/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios