Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Aos 22 anos, Dhiovana Francini Mena Barreto Conde é estudante da UEL e participa do Encontro Internacional da Juventude Marista

A cidade de Londrina e o Norte do Paraná estão representados em um evento religioso internacional por uma estudante de Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Dhiovana Francini Mena Barreto Conde, 22 anos, está entre os três paranaenses que participam do Encontro Internacional da Juventude Marista, que acontece na Cidade da Guatemala, até o dia 20 de janeiro.

Desde 2008, no mesmo ano em que é realizada pela Igreja Católica a Jornada Mundial da Juventude, as instituições Maristas enviam seus jovens para o Encontro, que serve como uma preparação para a JMJ, evento que neste ano será realizado no final de janeiro, na Cidade do Panamá. O Encontro é uma oportunidade para que os jovens Maristas possam enriquecer a missão religiosa.

A estudante considera esta uma oportunidade de conhecimento de outras culturas e pessoas que vivem a missão Marista. Para a jovem, participar desses eventos é gratificante. “Estes são momentos que temos de ter uma maior vivência do carisma Marista e de conhecermos pessoas que vivem os mesmos valores que nós”, explica.

Uma jovem de Maringá e outro de Curitiba também estão no evento. Eles completam a delegação de 15 brasileiros no Encontro, composta ainda por jovens de São Paulo, Brasília, Piauí, Pernambuco, Paraíba, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.

Encontro na Guatemala

Neste ano, o evento conta com aproximadamente 200 participantes, entre jovens das instituições, Irmãos Maristas e a equipe da organização. O tema de 2019 tema escolhido para o Encontro foi “Weaving Life” (“Tecendo a vida”).

Entre os principais objetivos do Encontro estão: viver uma experiência alegre de Igreja como Comunidade, fornecendo um intercâmbio internacional e intercultural guiado pelo espírito marista; oferecer uma experiência profunda de comunidade, interioridade e solidariedade como forma de crescimento e fortalecimento de laços de união e compromisso pessoal de jovens líderes maristas; e aprofundar o apelo do batismo e fornecer elementos para o discernimento da vocação pessoal, a fim de fortalecer nos jovens seu papel de liderança na Igreja e na sociedade por meio do desenvolvimento de um projeto de vida.

Segundo a analista de pastoral da Província Marista Brasil Centro Sul, Laura Ferraz, o Encontro se traduz em um momento de muita importância. "Nossos meninos e meninas são muito apaixonados pela história do fundador do Instituto Marista, São Marcelino Champagnat, e também por todos os projetos que passaram dentro das nossas unidades. Sabemos que eles poderão ecoar esse amor e essa luz para outros jovens", afirma.

Asimp/Província Marista Brasil Centro Sul

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios