Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Publicação traz textos e desenhos produzidos por estudantes do município; evento também teve a posse dos membros da nova gestão do Compaz

Foi realizado, ontem (24), o lançamento da 16ª edição do livro Londrina Pazeando. O material reúne textos, desenhos e relatos produzidos por alunos das redes de ensino municipal, estadual e particular, com a colaboração de professores, pais e familiares. Anualmente o trabalho é desenvolvido por meio do Conselho Municipal da Cultura de Paz (Compaz) e da Organização Não Governamental Londrina Pazeando. A solenidade de entrega da coletânea ocorreu no auditório da Prefeitura, marcando a abertura oficial da 18° Semana Municipal da Paz de Londrina, que teve início no dia 22 de setembro e prosseguirá até 7 de outubro com uma série de ações.

Neste ano, a edição do livro tem o tema “A Importância do Círculo de Construção de Paz na Escola - Justiça Restaurativa e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”. A finalidade da publicação é estimular os estudantes da educação básica de Londrina a refletirem a respeito da não violência, da tolerância e de práticas que são empreendidas para fortalecer a cultura pela paz. Ao todo, participaram 36 escolas, das quais 19 são unidades municipais, seis estaduais e 11 particulares. Foram selecionadas 15 produções de texto e 28 desenhos para compor o livro, que também conta com a colaboração de 11 pais ou responsáveis e 12 professores. O volume ainda traz 15 relatos publicados a partir da experiência vivida pelas escolas.

A presidente do Compaz, Maria Aparecida Prandini Pereira, destacou que o trabalho de base realizado nas escolas em Londrina com a abordagem das temáticas relacionadas à construção de paz vem ganhando força ano após ano. “O lançamento de mais uma edição do livro é muito gratificante, pois é fruto de um processo didático, de reflexão e manifestação pela paz que envolve mães, pais, familiares e educadores. A ideia é formar cidadãos melhores e conscientes, que valorizam o respeito ao ser humano, ao meio ambiente e saibam privilegiar o diálogo, praticar a tolerância e a não violência. Parabenizo os participantes e convido todos a acompanharem o restante da programação da 18° Semana Municipal da Paz”, disse.

Segundo o secretário do Compaz e integrante do Londrina Pazeando, Luis Claudio Galhardi, incentivar as crianças a pensar sobre a formação de um círculo de construção de paz é um dos grandes propósitos do livro. “Abordar o tema de forma lúdica nas escolas, por meio de redação ou desenho, faz com que os alunos e seus professores estejam em sintonia e busquem mostrar à sociedade a importância das pessoas exercitarem o respeito e a aceitação com o outro, a ouvirem ideias diferentes, ponderar e se abrir para o diálogo. O resultado deste livro a cada ano nos deixa mais orgulhosos e mostra que Londrina hoje é um exemplo quando se fala em trabalhos articulados para a criação de uma cultura de paz, sendo o único município brasileiro, entre os cerca de 5.600 existentes, a ter um conselho verdadeiramente operante e específico voltado a esse objetivo”, comentou.

A secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal, também esteve presente no evento de entrega da publicação. Ela saudou todos os alunos, professores e pais que compareceram, salientando que os relatos compilados ajudam e melhorar a vida das pessoas que buscam praticar a paz. “Este livro é um trabalho muito bonito e valioso, pois apresenta a visão das crianças que estão em fase de construção de valores, ajudando-as a multiplicar as mensagens positivas de mundo. As escolas de Londrina já abordam os temas ligados à paz e este trabalho vem se consolidando por meio de iniciativas como a 16ª coletânea, que reúne produções lindas e surpreendentes”, apontou.

Amanhã (26), das 19h às 21h, será realizada a 16ª Noite de Autógrafos com escritores e desenhistas autores do Livro Londrina Pazeando 2018. Toda a comunidade está convidada para participar do encontro, que irá ocorrer na Livraria Curitiba do Shopping Catuaí.

Semana da Paz

No domingo (23), a 10ª edição do Abraço no Lago reuniu mais de 3 mil pessoas na região do Lago Igapó II. O evento contou com caminhada, apresentações culturais e musicais, plantio de mudas e outras atrações. Uma das novidades desta edição foi o início do Projeto Pró Igapó. Cerca de dez mil mudballs, que são pequenas bolas compostas por lactobacilos, leveduras e bactérias fotossintéticas, foram inseridas no lago. Neste local, farão o tratamento da água, com recuperação do lodo, remoção do mau cheiro, entre outros. Voluntários da Faculdade Positivo e UTFPR foram treinados e fizeram a distribuição aos participantes.

Hoje (25), as ações da 18° Semana Municipal da Paz continuam com a realização do 11º Fórum Estadual de Educação para Paz. As atividades são abertas ao público e começam às 8h30 no auditório do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA) da Universidade Estadual de Londrina (UEL), na sala 683. Haverá palestras com os jornalistas Fábio Cavazotti e Silva, Marcelo Frazão e Lucas Pullin.

Sob a coordenação do professor de Comunicação da UEL, o jornalista Emerson Dias, abre a palestra Fábio Cavazotti, atualmente secretário municipal de Gestão Pública de Londrina, seguido do coordenador de jornalismo da Alma Londrina Radio Web e professor da UNOPAR, Lucas Pullin, e do membro voluntário da ONG MAE e integrante do TP1, Marcelo Frazão.

Há 11 anos o Fórum é realizado com o objetivo de discutir a ação da mídia em diversas situações, na busca de uma vertente de paz. O grupo “Mídia de Paz” surgiu dentro do Movimento Pela Paz e Não Violência, hoje capitaneado pelo COMPAZ e pela ONG Londrina Pazeando. De lá para cá várias instituições universitárias e profissionais da mídia participam do grupo que entre outros assuntos discutiu o tema “Programas Policiais e uma imprensa mais responsável”; “A Contribuição da imprensa na construção do Mundo Sustentável”; “Violência e Entretenimento na Mídia: Vídeos Games Violentos”; “Mídia Infância e Perifería”.
A programação completa da 18° Semana Municipal da Paz em Londrina pode ser acessada no endereço http://www.londrinapazeando.org.br .

Posse do Conselho

Antes da cerimônia de entrega do livro, também houve um momento para oficializar a posse dos membros que irão compor a gestão do órgão para os próximos três anos. Os integrantes foram eleitos no dia 30 de maio, durante a 6ª Conferência Municipal de Cultura de Paz. Ao todo, o conselho conta com 24 membros, sendo 12 deles indicados pelo poder público e 12 membros da sociedade civil.

A nova diretoria é formada pela presidente Maria Aparecida  Prandini Pereira, a vice-presidente Claudines Schincariol Perozin, o 1º secretário Luis Claudio Galhardi, e o 2º secretário Charleston Luiz da Silva. A lista completa de conselheiros está disponível no site http://www.londrinapazeando.org.br (acessar a opção Compaz).

O Conselho conta com representantes de entidades de vários segmentos, incluindo instituições religiosas, de ensino em todos os níveis, ONGs, associações, sindicatos, e também representantes do poder público. “O trabalho do Compaz é unir vários setores da sociedade em prol do fortalecimento e valorização da cultura de paz em nossa cidade. Contamos com a dedicação e o empenho de muitas pessoas que buscam a formação de cidadãos que pensam em construir um mundo melhor. Agradeço a todos os conselheiros da gestão passada e é muito gratificante poder presidir novamente o órgão e dar continuidade às ações”, concluiu Maria Aparecida  Prandini Pereira.

Renan Oliveira/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios