Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Planejamento, envolvendo poder público e sociedade, será criado para agregar práticas voltadas ao desenvolvimento da cidade até 2040

A Prefeitura de Londrina abriu processo licitatório para contratar uma empresa especializada em serviços de consultoria, que ficará encarregada da elaboração e implantação do planejamento estratégico da cidade para os próximos 20 anos. O edital tem valor máximo de R$ 1.335.000,00 e integra o projeto MasterPlan Londrina 100 anos, que formulará ações estruturantes focadas no desenvolvimento econômico e urbano do município, fortalecendo os vínculos entre poder público e sociedade civil.

A publicação do edital foi feita na terça-feira (20), e os interessados podem acessar todas as informações sobre o certame na área de Licitações do portal www.londrina.pr.gov.br ou diretamente pelo link https://bit.ly/2D9DMZj

O planejamento estratégico do MasterPlan visa traçar metas e criar diretrizes que serão aplicadas para proporcionar desenvolvimento sustentável e melhorar a qualidade de vida da população. As práticas e ferramentas adotadas – em curto, médio e longo prazo – poderão nortear políticas públicas e serviços em diversas áreas, tendo como horizonte o ano de 2040.

Dessa forma, serão contempladas propostas que englobam setores como saúde, educação, desenvolvimento econômico, juventude, segurança pública, mobilidade, habitação, meio ambiente, tecnologia e outros. Também farão parte do escopo ações específicas articuladas com o objetivo de promover mais geração de emprego e renda, além de atrair indústrias e empresas, dentro de um modelo público-privado de gestão.

Os trabalhos de articulação dos atores envolvidos, bem como de acompanhamento das etapas, serão conduzidos pela Prefeitura, por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), em parceria com o Fórum Desenvolve Londrina, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL).

De acordo com o presidente da CODEL, Bruno Ubiratan, a implantação do plano estratégico será essencial para que Londrina seja beneficiada com um norteador técnico para os próximos 20 anos, mobilizando diferentes setores da sociedade. “O MasterPlan será um instrumento de suma importância, pois permitirá que o poder público, junto ao núcleo empresarial e outros segmentos, pense a longo prazo, de forma ordenada, e crie novas formas de atuação que irão impactar na qualidade de vida dos munícipes londrinenses”, frisou.

Ubiratan ainda reforçou que a iniciativa tornará mais fácil as tomadas de decisões pela administração municipal, fornecendo mais alternativas de aprimoramento da gestão dos serviços. “Contaremos com a sociedade civil e, em todas as etapas de implantação do planejamento, haverá a participação de entidades que irão acompanhar o andamento e serão guardiãs deste importante projeto”, completou.

A empresa contratada deverá executar os serviços no prazo de 13 meses corridos, contados a partir da ordem de serviço. O recebimento e abertura dos envelopes irão ocorrer no dia 20 de setembro.

Os critérios a serem apresentados pelas participantes, e apreciados pelo Município, incluem itens como plano de trabalho, diagnóstico sobre o contexto atual de Londrina, análise de tendências e incertezas, visão de futuro, elaboração e detalhamento de projetos estratégicos, capacitação para planejamento e execução, além de modelos de governança para o Plano Estratégico e os projetos a serem desenvolvidos, entre outros.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios