Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Empresas interessadas devem entregar suas propostas na próxima quinta-feira (28), das 12h às 13h, na sede da Prefeitura

A Prefeitura de Londrina está contratando uma empresa para realizar as obras de infraestrutura que comportarão a Cidade Industrial, que ficará no prolongamento da Avenida Saul Elkind (sentido Londrina-Cambé), na região noroeste da cidade. Para isso, os empresários interessados em participar da concorrência pública n.º 04/2020 devem se atentar aos prazos.

As propostas devem ser entregues na próxima quinta-feira (28), das 12h às 13h, na sede da Prefeitura, localizada na Avenida  Duque de Caxias, 635. Os envelopes serão abertos na sequência, às 13 horas. O preço máximo que a Prefeitura pretende pagar pelos serviços é de R$ 31,7 milhões. O edital completo e seus anexos estão disponíveis no site do Município e podem ser acessados clicando-se aqui.

A vencedora da licitação terá 18 meses, a contar da assinatura da ordem de serviço, para finalizar os trabalhos. Ela deverá fazer terraplenagem, drenagem, pavimentação asfáltica em 82,5 mil metros quadrados, construir meio-fio e sarjetas, a urbanização do espaço, colocação de placas para a comunicação visual e sinalização de trânsito, construção das redes de água e esgoto e de iluminação pública com luminárias de LED, além de ensaios tecnológicos e os serviços complementares que forem necessários.

A área das obras é de quase 400 mil metros quadrados, visto que o primeiro condomínio industrial de Londrina contará com 90 terrenos que terão de 2 mil a 6 mil metros quadrados. Ao todo, a Cidade Industrial de Londrina ocupará uma área de mais de um milhão de metros quadrados, o que representa 47 alqueires, incluindo áreas verdes e fundo de vale, que serão preservados.

Para o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, o início das obras para a execução da Cidade Industrial é um marco para o Município de Londrina, pois será o primeiro condomínio de indústrias da cidade e um dos maiores da região. “Preparamos todos os projetos necessários para chegarmos à licitação da execução da infraestrutura necessária para instalar as empresas. Vamos começar a licitar os 90 lotes, que serão comercializados, a partir do momento em que começar a obra, para que as empresas consigam se preparar para se instalar. Esperamos que tudo ocorra dentro do cronograma estipulado e que Londrina realize mais essa grande obra”, esclareceu.

Os interessados em participar da licitação, para construir esse espaço, que tiverem dúvidas técnicas, referentes à legislação ou quanto aos termos do edital podem solicitar esclarecimentos pelo e-mail: licita@londrina.pr.gov.br. O certame será realizado na modalidade de Concorrência e seguirá normas gerais sobre licitações e contratos administrativos, conforme prevê a Lei Federal n.º 8.666/1993.

NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios