Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O intuito é incentivar mais comerciantes a participarem da campanha pela paz e estímulo à não violência; evento será aberto à comunidade

Na quinta-feira (21), às 14h30, o Conselho Municipal de Cultura de Paz (COMPAZ) e a Organização da Sociedade Civil Londrina Pazeando, realizam a solenidade de entrega do Selo Arma Não é Brinquedo. A ação irá marcar o encerramento da programação da 2ª Semana Municipal da Justiça Restaurativa e será realizada na Câmara de Vereadores de Londrina, na Rua Governador Parigot de Souza, 145, no Centro Cívico.

A nona edição da entrega de selos irá contemplar 45 lojistas que não comercializam armas de brinquedo em seus estabelecimentos. O intuito é incentivar mais comerciantes a participarem da campanha pela paz e estímulo à não violência, já que o acesso a armas de brinquedo é considerado um risco às crianças e adolescentes, pois pode estimular impulsos violentos e facilitar ocorrências com armas de fogo verdadeiras. O evento será aberto à comunidade e os empresários contemplados com o selo no ano passado também poderão participar.

O sociólogo Antônio Rangel Bandeira, autor do livro “Armas Para Quê?”, estará presente na solenidade. Em sua obra, que aborda o uso de armas de fogo no Brasil e no mundo e o processo de criação do Estatuto do Desarmamento, o autor também menciona a Campanha e o Selo Arma Não é Brinquedo; o PL (projeto de lei) nº 2.413/2015, do atual prefeito e ex-deputado Marcelo Belinati, que visa proibir a fabricação, importação e venda de armas de brinquedo em todo o país; e ainda destaca a cidade de Londrina como a única do Brasil a ter uma política pública em relação ao desarmamento infantil e ao controle de vendas de armas de brinquedo, em referência à Lei Municipal n° 9.188/2003.

Durante a ação também será apresentada a Caravana da 2ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência, que acontecerá no dia 17 de dezembro, com o intuito de manifestar uma proposta de um mundo sem armas e sem guerras.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios