Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Município foi um dos 12 escolhidos, entre mais de 60 cidades, para participar da iniciativa; foram levados em conta critérios como pluralidade de perfis da liderança, engajamento do prefeito, capacidade técnica e relacionamento com o legislativo

O município de Londrina está entre as 12 cidades selecionadas para participar da Jornada Reforma Administrativa e Gestão de Pessoas. Esta iniciativa tem como objetivo prestar suporte e incentivar os governos, no âmbito municipal, para que possam aprimorar processos de reformas administrativas e estratégias de gestão de pessoas. O resultado foi divulgado terça-feira (16) pela Comunitas, instituição realizadora da ação, e organização da sociedade civil que atua em um pacto coletivo entre diferentes setores para o desenvolvimento sustentável do Brasil. Cerca de 60 municípios participaram do processo seletivo realizado pela Jornada.

Dentre os critérios avaliados para a escolha do município estiveram a pluralidade de perfis da liderança, engajamento do prefeito, capacidade técnica interna e relacionamento com o legislativo. Além do prefeito Marcelo Belinati, a liderança do projeto em Londrina será o secretário municipal de Governo, Alex Canziani, que conduzirá uma equipe técnica com perfis técnico-operacional, de finanças e jurídico.  A realização da Jornada ocorre por meio da Comunitas, em parceria coma Aliança para Lideranças de Impacto no Setor Público.

Com a aprovação nesse projeto, a Prefeitura de Londrina agora receberá suporte especializado e acesso gratuito a conteúdos teóricos, vivências, imersões e mentorias coletivas e individuais, que servirão de base para iniciativas que possam ampliar a qualidade e eficácia dos serviços prestados à população.

A duração da Jornada será de três meses, entre março e junho de 2021. Durante esse período, serão realizados encontros virtuais semanais entre representantes do Município de Londrina e mentorias individuais para análise das especificidades locais e levantamento de demandas. Ao final do programa, as prefeituras deverão apresentar um projeto, aplicável conforme a sua realidade, a partir da troca de experiências e dos levantamentos produzidos.

De acordo com o secretário de Governo, Alex Canziani, a seleção de Londrina para a Jornada, entre dezenas de cidades brasileiras, evidencia a qualidade e capacidade da atual gestão municipal. Ele também frisou que essa experiência será de grande contribuição para a administração. “A iniciativa permite o recebimento de conteúdos abordados por especialistas, que poderão ser debatidos e alinhados para a condução de um projeto que buscará aperfeiçoar os mecanismos da gestão. Estamos muito contentes com a notícia da escolha de Londrina. O maior ativo da Prefeitura são os seus servidores, e toda capacitação ou projetos que proporcionem a modernização dos serviços públicos, e a gestão desses profissionais, são muito bem-vindos”, comentou.

Já a secretária municipal de Recursos Humanos, Juliana Faggion Bellusci, que também faz parte do grupo de trabalho para a Jornada, frisou que as ações inseridas nas políticas de gestão de pessoas sempre refletem, de alguma forma, na atuação das secretarias municipais. “Vejo a participação de Londrina como muito positiva, pois alguns dos eixos passam por questões como ambiente de trabalho e melhoria de processos de desenvolvimento humano, entre outros aspectos que são de grande importância e dizem respeito ao segmento de gestão pessoal, que impactam no funcionamento das secretarias. Dentro da Jornada em si, o projeto ainda começará a ser pensado, mas é uma intenção da Secretaria de Recursos Humanos trabalhar com ações como o programa de incentivo a boas práticas e o aprimoramento do plano de cargos da Prefeitura, por exemplo. Estou motivada e creio que bons frutos surgirão deste programa”, disse.

A Jornada terá abordagem centralizada em cinco eixos temáticos, abrangendo possibilidades voltadas a reformas administrativas e em gestão de pessoas. Os temas são Revisão da Legislação; Recrutamento e Seleção para cargos de Liderança; Melhoria de Processos de Desenvolvimento Humano; Melhoria da Qualidade no Ambiente de Trabalho; e Processos de Avaliação de Desempenho. Não é obrigatório aos municípios participantes trabalhar com todos os eixos, sendo aberta a possibilidade de transitar entre os assuntos conforme as características e perfil de cada administração pública.

Essa dinâmica de trabalho será desenvolvida a partir de experiências desenvolvidas pelos governos do Rio Grande do Sul – A Reforma Administrativa e revisão da legislação, realizada em parceria com a Comunitas; e o programa Transforma Minas em gestão de pessoas, realizado pelo governo mineiro, em parceria com a Aliança para Lideranças de Impacto no Setor Público.

Lançamento

Ontem (17), das 18h às 19h45, houve um encontro virtual de lançamento da Jornada. Já na sexta-feira (19), irá ocorrer um encontro de abertura específico para as equipes fechadas de cada município.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios