Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ordem de serviço foi assinada hoje. Objetivo é construir o futuro de Londrina para os próximos 20 anos, pensando em uma cidade desenvolvida e sustentável

A Prefeitura de Londrina anunciou, ontem (6), a contratação de uma empresa especializada em serviços de consultoria para a elaboração e implantação do Planejamento Estratégico para o Município, durante as próximas duas décadas. A ação integra o projeto MasterPlan Londrina 100 anos, que formulará ações e políticas estruturantes para o desenvolvimento econômico e urbano da cidade. A licitação pública para contratação da consultoria foi concluída, com imediata assinatura da ordem de serviço.

Durante o anúncio do início dos trabalhos, o prefeito Marcelo Belinati explicou que esse planejamento estratégico visa organizar a cidade, focalizando nos potenciais do município e unindo esforços de várias entidades,além do poder público, como da sociedade civil, do Fórum Desenvolve Londrina, da ACIL, “É um planejamento fundamental para o desenvolvimento urbano e humano da nossa cidade, que pensa no futuro e focaliza nos potenciais do município. Ele é um passo muito importante, para a atração de novos empreendimentos e investimentos de fora”, disse.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan,  lembrou também que o MasterPlan planejará várias vertentes do desenvolvimento urbano sustentável, principalmente lembrando-se da tecnologia. “Londrina hoje é a 10ª maior cidade em desenvolvimento de Startups e a principal do Paraná. Grandes cidades, como Joinville e Pernambuco, já fizeram esse planejamento a longo prazo. Isso é muito importante, para que os próximos governantes sigam um planejamento estratégico e não venham com achismos”, frisou.

A carioca Macroplan Prospectiva Estratégica & Gestão s/s LTDA foi a vencedora do processo licitatório, em que concorreu com outras quatro empresas nacionais. Ela terá 13 meses para executar os trabalhos em Londrina e, para isso, receberá o equivalente a R$ 1.230.000,00. Por meio da Tomada de Preços, que uniu a técnica e o preço, a Prefeitura de Londrina conseguiu economizar mais de R$ 100 mil na contratação. Isso porque, o teto máximo desse processo licitatório era de cerca de R$ 1.3 milhão.

Meta

O objetivo da contratação é pensar e construir o futuro de Londrina para os próximos 20 anos, focando em uma cidade desenvolvida e sustentável. Assim, por meio do consenso e da colaboração dos mais diversos participantes do poder público e da sociedade serão traçadas metas e diretrizes em torno de objetivos comuns e de curto, médio e longo prazo. A intenção é que com um Plano Estratégico, o município de Londrina consiga colocar em prática um modelo público-privado de gestão para o futuro, que vise reduzir os riscos de descontinuidades administrativas e de improvisos e, assim produza mais resultados positivos para toda sociedade londrinense.

Para isso, a contratada deverá realizar reuniões com a equipe técnica da Prefeitura, para estabelecer um alinhamento de linguagem e a metodologia de trabalho a ser utilizada. Depois de definido isso, eles deverão elaborar um Plano de Trabalho detalhado, com cronograma das atividades, recursos, materiais, responsabilidades, execução e gestão do projeto e de produtos a serem entregues ao município de Londrina. Também deverão fazer um levantamento da situação atual, identificando os principais desafios e gargalos para o desenvolvimento da cidade.

Também estão inclusas, na contratação, a identificação das iniciativas e dos planos já existentes, que darão suporte à elaboração de um inventário de ações, assim como a apresentação da situação atual do município e a identificação e a análise das tendências consolidadas e incertezas que poderão impactar o desenvolvimento local, regional, estadual e nacional.

Em parceria com o núcleo do empresariado local, com o SEBRAE, o Poder Público Municipal e a sociedade civil, a Prefeitura está trazendo a oportunidade de trabalhar um plano para reforçar tudo o que está sendo feito e trazer um roteiro de trabalho, que envolva oportunidade de negócios e nova dinâmica que fortaleça o lado econômico, e fortalecer as empresas de Londrina.

O gerente regional norte do SEBRAE, Fabrício Pires Bianchi, acredita que o Plano Estratégico é de grande importância, porque demonstra o protagonismo do poder público municipal frente às medidas de retomada da economia local e no cuidado que está tendo para pensar a cidade do futuro. “Essa é uma demanda do município de longa data e ter isso no Município não só aprovado, licitado e com a ordem de serviço assinada é um grande avanço para a cidade de Londrina. Primeiro, porque o Masterplan enxerga o longo prazo e segundo porque é uma empresa de altíssimo nível, enxergando a situação atual da cidade e suas necessidades, de forma estratégica, forte e olhando o horizonte, o futuro”, disse.

A presidente do Fórum Desenvolve Londrina, Cláudia Romariz, agradeceu ao prefeito Marcelo Belinati pela iniciativa e ressaltou a necessidade de um plano integrada a longo prazo para todo o município. “Ano passado inteiro, o planejamento estratégico foi um dos temas que mais debatemos no Fórum Desenvolve Londrina. Só conseguimos gerenciar aquilo que conhecemos e sem ter um plano não é possível elaborarmos a estratégia correta. Só temos a agradecer por essa iniciativa importantíssima para o desenvolvimento da cidade”, disse.

Com todos esses dados em mãos, o grupo de especialistas conseguirá formular um Plano Estratégico, que preencherá todos os anos até 2040. Ele conterá direcionadores estratégicos, que vão orientar a implantação de projetos nas mais diversas áreas (como educação, saúde, economia e segurança); oficinas de trabalho com representantes da sociedade civil e do poder público; uma carteira de projetos estratégicos de curto, médio e longo prazo e um modelo de governança em prol do desenvolvimento de Londrina.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios