Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Ações integram movimento internacional que começou em 1991 e já possui adesão de 160 países; atividades são gratuitas e abertas a todos

Até o dia 10 de dezembro, a Prefeitura de Londrina promoverá ações de conscientização sobre a garantia e defesa dos direitos das mulheres. Diversos eventos como palestras, cursos, rodas de conversa, lançamento de livro e encontro com profissionais atuantes na área serão realizados em alusão à campanha internacional 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

O objetivo é mobilizar a população e as organizações que atuam na área sobre a importância do engajamento na prevenção e eliminação da violência contra mulheres e meninas. Por isso, a campanha engloba o dia da Consciência Negra, celebrado na sexta-feira (20); o dia 25 de novembro, data em que é celebrado o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres; e termina no dia 10 de dezembro, ocasião em que se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Segundo a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes, a campanha promoverá importantes discussões sobre a violência contra a mulher, mostrará quais são as políticas públicas existentes em Londrina e divulgará os serviços disponíveis para o atendimento das vítimas de violência doméstica e familiar. “Precisamos conscientizar a sociedade, inclusive os homens agressores, para que eles entendam o que é violência contra a mulher, masculinidade tóxica e quais são as formas saudáveis de se resolver os conflitos. Tudo isso é importante para a mudança de comportamento que tanto queremos para a nossa sociedade”, ressaltou Liange.

Todas as atividades deste ano serão transmitidas gratuitamente pela internet, por meio das redes sociais e das plataformas Google Meet e Zoom. Os eventos serão abertos a todos os interessados. Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Rosalina Batista, a integração de vários órgãos do poder público com o Conselho Municipal e a sociedade civil é primordial para o fortalecimento das políticas públicas para as mulheres, pois são elas que ajudam a garantir a efetivação dos direitos femininos.

“Infelizmente, ainda em 2020, a violência contra a mulher é uma das principais pautas que precisa ser trabalhada. Isso é ainda mais importante durante a pandemia, pois muitos homens acham que a mulher é sua propriedade e que podem bater nela, humilhar e agirem como se fossem seus donos. Além disso, outra pauta que não pode ser esquecida é a violência social, aquela que exclui a mulher dos espaços no mercado de trabalho, no poder e na economia”, lembrou Rosalina.

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher tem o objetivo de  defender os direitos humanos das mulheres, visando assegurar o exercício pleno de sua participação no desenvolvimento social, econômico, político e cultural da cidade. É um órgão ativo na elaboração de planos municipais e transversais, assim como na implementação da rede de enfrentamento à violência.

Programação – Durante os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, a Prefeitura de Londrina realizará diversas ações. Confira, abaixo, o cronograma da campanha na cidade:

Dia

Hora

Evento

Local

23/11

9h às 11h

Diálogo entre os serviços de enfrentamento à violência contra a Mulher, com Liange Doy Fernandes, Lucimar Rodrigues; Ireny Sorge e Lisa Mitiko Koga.

Google Meet – https://meet.google.com/ebj-wuym-fxj

23/11

17h às 19h

Violências contra as mulheres: cenário atual e perspectivas. Com Layla Pedreira Carvalho (UNILA), Rosalina Batista, Liange Doy Fernandes e a Amanda Moraes (UEL).

Transmissão pelo Facebook, na página do GEPOP

25/11

9h às 12h

Webinário Violência contra a Mulher e a Intersecção Étnico Racial.

Dra. Fátima Isa Cardoso; Gilsa Ferreira Souza Pereira; Nardi Casanova; Alexsandra Aparecida de Jesus Moreira; Maria de Fátima Beraldo.

Plataforma ZOOM https://zoom.us/j/6896815784

ID da reunião: 689 681 5784

25/11

19h às 20h

Palestra “Violência Contra a Mulher” com Sueli Galhardi

Link Instagram @wie.uel

https://instagram.com/wie.uel?igshid=19z67i25do8t9

25/11

19h

Lançamento do livro Mulheres, Gênero e Transferência Condicionada de Renda: Perspectivas interdisciplinares dos estudos do Bolsa Família.

Autoras: Teresa Sacchet, Silvana Mariano, Cássia Maria Carloto, Márcia Tavares, Josimara Delgado, Luana Passos, Simone Wajnman, Fábio Waltenberg, Márcio Ferreira de Souza e Mani Tebet A. de Marins.

Plataforma ZOOM

https://bit.ly/3ffYN3R

Senha de acesso: 457027

25/11

19h30

Live do Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, com Denis Denito Laurindo; Liange Doy Fernandes; Dr. Paulo Tavares; Dra. Polyana Valente; Sandra Mara Aguillera e Meire Anne Teodoro.

Evento transmitido pelo Youtube através do

canal Black Divas O Coletivo

25/11

Início do Curso de Violência Doméstica e Familiar contra as Mulheres.

Será no Ambiente Virtual de Aprendizagem do site da Prefeitura de Londrina. Escola de Governo/Demais Secretarias/Políticas para as Mulheres/ Curso Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher: Conhecer para Enfrentar

Período de realização do curso: 25/11 a 10/12/2020

Escola de Governo

http://escoladegoverno.londrina.pr.gov.br/login/index.php

Chave de inscrição: VDFCM-2020

26/11

19h

Roda de conversa “O Raio X da violência: o papel da DEAM no enfrentamento a violência contra a mulher”.

Dra. Magda Marina Ferreira Hofstaetter e Marselle Nobre de Carvalho.

Google Meet – https://meet.google.com/tzv-dkci-hxo

01 a 15/12

Distribuição de materiais informativos sobre as formas de violência doméstica e familiar na Feira Arte Mulher

Calçadão de Londrina – Feira Arte Mulher

01/12

19h30

Palestra: O que o homem pensa sobre violência doméstica contra a mulher?

Com Larissa Bernardelli, psicóloga especialista em violência, do Projeto “Além do Horizonte” com homens autores de violência doméstica no Fórum de Cambé/PR.

Jaqueline Amendola Heinzl – advogada, coordenadora da Comissão da Mulher Advogada, especialista em violência doméstica e familiar.

Canal OAB Londrina no YouTube

03/12

Manhã e tarde

Encontro entre profissionais da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres: Cuidando de quem cuida.

Com José Luciano Tavares da Silva; e Josiane Cecília Luzi, que é Doutora em Neuropsicologia Clínica pela Universidad de Salamanca, Espanha e docente da Universidade Estadual de Londrina.

Centro de Referência de Atendimento à Mulher – CAM

04/12

17h às 19h

Webinário sobre Masculinidades Tóxicas

Alusão ao ao Dia do Laço Branco: Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres (6/12)

Dr. Ronaldo Costa Braga, Promotor de Justiça; Celso Aparecido Athayde Neto; Vanessa Carvalho Mello e  Liange Doy Fernandes.

Evento transmitido pelo Facebook, na página Evangélicas pela Igualdade de Gênero

e pelo Instagram @mulhereseig

08/12

14h às 16h

Webinário Atendimento Humanizado, Escuta Ativa e Empática.

Alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12).

Vanessa Carvalho Mello e Fernanda de Mello Nogueira

Evento transmitido pelo Facebook, na página Evangélicas pela Igualdade de Gênero

Instagram @mulhereseig

10/12

19h

Papo Reto com Black Divas: Palestra Pelo fim da violência contra a mulher/mulher negra

Transmissão pelo Canal Black Divas – O Coletivo, no Youtube

Sobre a campanha

Os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é um movimento internacional que começou em 1991 e já possui adesão de 160 países. A ação foi criada por ativistas do Instituto de Liderança Global das Mulheres, da ONU.

Em Londrina, a iniciativa é coordenada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SMPM), com a participação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e da Gestão Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. Vários parceiros também promoverão ações nestes 16 dias, incluindo a Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Londrina); a Delegacia da Mulher; o Coletivo Black Divas; o grupo Evangélicas pela Igualdade de Gênero (EIG); a Universidade Estadual de Londrina (UEL), com o Grupo de Pesquisa Gênero e Políticas Públicas; o Projeto de Extensão Universitária Women in Engineering (WIE); e o Grupo de Trabalho sobre Violência contra as Mulheres: Projeto Safety.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios