Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com investimentos de quase R$200 milhões, obras iniciam este mês, na zona leste; anúncio de expansão foi feito pela Sercomtel e Copel Telecom

O prefeito Marcelo Belinati participou, na tarde desta quinta-feira (9), do lançamento da Missão 100% Fibra, que fará de Londrina a primeira cidade brasileira com 100% de cobertura de fibra ótica. O anúncio, feito pelas empresas Copel Telecom e Sercomtel, prevê um investimento de R$195 milhões para instalação de três quilômetros de fibra ótica, atendendo Londrina e mais catorze cidades da região.

O lançamento ocorreu no segundo piso da Prefeitura de Londrina, com a participação do diretor-presidente da Copel Telecom, Wendell Oliveira; o CEO da Sercomtel, Márcio Tiago Arruda; o secretário municipal de Governo, Alex Canziani; e, representando a presidência da Câmara Municipal de Londrina, o vereador Eduardo Tominaga.

Durante o anúncio, as empresas informaram que as obras de expansão do cabeamento em fibra ótica iniciam ainda este mês, pela zona leste, em área que engloba os bairros Antares, Novo Antares, São Pedro, Vera Cruz, Aeroporto, Jardim Graziela, Jardim Pérola, Monterrey, Vale do Cedro, Aruba, Aragarça, Residencial Verona e Residencial Veneza. O cronograma prevê a conclusão até o final de 2022 e, além da área urbana de Londrina, os distritos também devem ser beneficiados.

Em seu pronunciamento, o prefeito Marcelo Belinati afirmou que a Sercomtel superou grandes desafios e traz muito orgulho para os londrinenses. A companhia, que foi privatizada pelo Município em 2020 por meio de leilão na bolsa de valores e adquirida pelo Bourdeaux Fundo de Investimentos, arrematou no início deste mês o direito de operacionalizar a rede móvel 5G nos estados da região Norte e em municípios com até 30 mil habitantes do estado de São Paulo. E a Copel Telecom, que também foi adquirida pelo Bourdeaux, venceu o leilão do governo federal para atender com 5G a região Sul – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Para o prefeito Marcelo, a concretização da Missão 100% Fibra trará grandes benefícios para a cidade. “É um momento histórico para Londrina, que será a primeira cidade do Brasil 100% com fibra ótica. Isso significa uma internet de qualidade, com um preço bom, alçando Londrina para o país inteiro como uma cidade que desenvolve a tecnologia e tem condições de receber empresas e indústrias”, afirmou.

A Missão 100% Fibra abrange, além de Londrina, os municípios de Ibiporã, Astorga, Cambé, Arapongas, Bandeirantes, Jataizinho, Jacarezinho, Mandaguari, Sabáudia, Sarandi, Tamarana, Rolândia e Santo Antônio da Platina. Os investimentos devem gerar cerca de 300 empregos diretos e centenas de outros indiretos.

O prefeito parabenizou os diretores da Sercomtel e Copel Telecom, e agradeceu por terem escolhido Londrina e região para este projeto. “É algo muito bom para a cidade, pois prepara Londrina para o futuro na atração de empresas e indústrias e reforça todo o nosso arranjo produtivo local de tecnologia e informação. Parabéns à equipe da Sercomtel, que Deus abençoe muito vocês. Temos um orgulho muito grande de vocês estarem aqui, e contem sempre com a Prefeitura de Londrina. Vamos transformar nossa cidade, que já é uma das mais belas do Brasil, em uma cidade cada vez melhor”, disse.

O diretor-presidente da Copel Telecom, Wendell Oliveira, detalhou que o objetivo é que cada cidadão de Londrina e região tenha o acesso à tecnologia de fibra ótica, com uma internet da mais alta qualidade, ou seja, com mais velocidade e estabilidade. “Em termos de conectividade e conexão, essa tecnologia trará o que de melhor existe no mundo para a população e isso merece ser comemorado. O plano é atingir mais de 1 milhão e 200 mil pessoas, onde teremos a oportunidade de conectá-los com a fibra ótica. Não é um trabalho simples, com investimento grande na área de equipamentos, e o desafio é organizar toda a parte de execução. Mas sabemos fazer, já fizemos no Paraná inteiro, e acredito que a gente vai concluir com muito sucesso”, adiantou.

Oliveira complementou que a zona rural também terá melhorias, conforme estudos de viabilidade técnica. “Seja com fibra ótica ou com 5G, queremos iluminar essas pessoas e inseri-los no mundo digital”, citou.

De acordo com o CEO da Sercomtel, Márcio Tiago Arruda, os cerca de 120 mil clientes que já utilizam a internet da Sercomtel com tecnologia ADSL serão impactados com o avanço que a fibra ótica vai proporcionar. “Migrar esses clientes será a parte mais fácil e a grande razão de estarmos digitalizando 100% da cidade. Os cabos metálicos de internet ADSL não oferecem um nível de velocidade que o londrinense merece, e com a fibra ótica é possível atingir 500 Mega ou até 1 Giga. Essa é uma das grandes razões pelas quais estamos investindo em Londrina e vamos ter diversos planos, entre eles de 500 Mega”, contou.

Arruda explicou que, enquanto a Sercomtel atuará com a prestação dos serviços e produtos, a Copel Telecom trará sua infraestrutura. “Essa é uma tendência de mercado no Brasil e no mundo, em que uma empresa fornece os serviços e a outra fornece a infraestrutura. E temos certeza de que seremos bem-sucedidos. Em algumas atividades a Sercomtel prestará serviços para a Copel, e em outras será o contrário. Com o quadro atual de funcionários, a Sercomtel consegue prestar uma boa qualidade de serviços e, eventualmente, traremos novos funcionários locais”, finalizou.

O secretário municipal de Governo, Alex Canziani, considerou o lançamento como um dia histórico para Londrina, pois a internet de alto nível vai permitir que cidadãos de todas as regiões tenham acesso à tecnologia, viabilizando ações e atividades em áreas importantes. “A Sercomtel, que há alguns meses trazia tantas preocupações, hoje está em outro patamar. Vamos comemorar mais esse avanço para nossa cidade e mais essa conquista. Também temos que agradecer a todos que estão empenhados em viabilizar uma cidade cada vez melhor. Londrina está cada vez mais pronta para receber investimentos, oportunidades e uma condição de vida melhor para nossa gente”, frisou.

Ao final da cerimônia, o prefeito recebeu um totem simbólico da Missão 100% Fibra. O lançamento contou ainda com a presença do vice-prefeito, João Mendonça; chefe de Gabinete, Moacir Sgarioni; o ouvidor-geral do Município, Alexandre Sanches; o procurador-geral do Município, João Luiz Esteves; o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan; o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPUL), Tadeu Felismino; os secretários municipais do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos;  de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, e o vereador Matheus Thum; além de diretores das empresas Sercomtel e Copel Telecom.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.