Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Pelo segundo mês consecutivo, cidade registra criação de mais de mil postos com carteira assinada e atinge, no ano, quase três mil trabalhadores empregados

Dados referentes a fevereiro do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados ontem (30) pelo Ministério da Economia, mostram que Londrina teve um saldo positivo de 1.534 novos postos de trabalho.

Foi o segundo mês consecutivo em que a cidade registrou um saldo de mais de mil empregos criados. Foram contratados 7.417 trabalhadores no segundo mês do ano, frente a 5.883 desligamentos, resultando no saldo positivo de 1.534 postos de trabalho.  Somente em 2021, o saldo da cidade em criação de empregos já soma quase três mil trabalhadores inseridos no mercado formal de trabalho.

Em fevereiro, o setor que mais se destacou foi o de serviços, responsável por 862 dessas novas vagas. O comércio também teve uma grande participação com 326 novos postos de trabalho criados. O setor da indústria e de construção mantiveram aquecidos e, juntos, geraram 354 empregos. A agropecuária foi único setor que não teve crescimento e registrou uma perda de oito vagas.

O prefeito Marcelo Belinati lembrou que Londrina vive um novo momento na economia e isto tem reflexo na geração de emprego e renda para os trabalhadores.

E o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, acredita que essa tendência deve se confirmar ao longo do ano. “Estamos muito otimistas com o futuro da nossa cidade. O prefeito Marcelo Belinati tomou as medidas necessárias para reaquecer a economia e vemos esse reflexo na SMTER. Mesmo com todos os infortúnios causados pela pandemia, a oferta de novas oportunidades vem crescendo a cada dia e isso é um espelho da cidade”, pontuou.

“Sabemos que existem muitos desafios, mas estamos atuando em diferentes frentes para que Londrina mantenha esse crescimento. Reestruturamos a Secretaria, viabilizamos novas ferramentas de atendimento, e tivemos um avanço importantíssimo com o lançamento do Master Plan. Também montamos grupos multidisciplinares para estruturar um plano de pós-pandemia robusto e essas são apenas algumas das ações que estão em andamento”, explicou Santos.

O secretário ainda ressaltou que, pelo segundo ano seguido, Londrina foi considerada a prefeitura mais transparente do Brasil. “Esse reconhecimento é essencial. Com o selo de transparência, nós atraímos mais empresas, geramos confiança para que o empresariado invista e para que tenhamos uma cadeia produtiva cada vez forte, gerando emprego e renda”, afirmou.

Santos também destacou o papel dos pequenos empreendedores nessa cadeia. ”Além das novas indústrias que estão vindo se instalar aqui, com o Programa Compras Londrina atraímos fornecedores locais para a Prefeitura, contribuindo para que o microempresário londrinense cresça e fazendo com que os recursos públicos fiquem na cidade”, comemorou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios