Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão ao todo 900 vagas. O investimento total compreende mais de R$ 11 milhões, da Prefeitura e Governo Federal; serão atendidos alunos de 0 a 5 anos

Pouca gente se deu conta das obras espalhadas pela cidade e se surpreende quando descobre que são creches. Ao todo, cinco creches estão com as construções em curso em Londrina, e beneficiarão cerca de 900 crianças da Educação Infantil, de 0 a 5 anos. As edificações estão sendo viabilizadas por meio de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal, pelo Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância).

O prefeito Marcelo Belinati comemora cada fase das obras. "Há mais de 20 anos não era erguida uma creche municipal. O londrinense com baixa renda agora é prioridade. Os pais que trabalha precisam deste apoio, e as crianças merecem cuidados e atenção", disse Marcelo.

Nestas unidades, as crianças de 0 a 3 anos serão atendidas em tempo integral, e as com idades entre 4 a 5 anos em período parcial. As creches estão localizadas no distrito de Lerroville, na zona rural; Jardim Santa Cruz e Jardim Belleville, ambos na região Norte; Residencial José Bastos de Almeida, região Sul; e Jardim Tarumã, Leste. A previsão é de que as obras sejam entregues no segundo semestre de 2019.

O investimento total soma R$ 11.280.355,33, sendo R$ 4.321.364,04 provenientes da Prefeitura e R$ 6.958.991,29 do Governo Federal, em recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Além desses investimentos, a Secretaria Municipal de Educação irá comprar mobiliários novos, bem como os equipamentos necessários para atender as unidades.

As creches contarão com salas de aula, incluindo berçário e salas multiuso para jogos, vídeos e atividades de artes; fraldário; lactário; parquinho; refeitório; cozinha; lavanderia; banheiros adaptados para pessoas com deficiência; solário; pátio coberto; despensa; áreas administrativas e estacionamento para funcionários.

A secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, enfatiza que a construção das cinco creches representa um avanço muito significativo para a cidade. “Temos um déficit histórico de vagas na Educação Infantil, pois há muitos anos a cidade ficou sem construir novas creches. E agora, edificando cinco de uma vez só vamos poder atender 900 crianças, cuidando da primeira infância, que é nosso maior objetivo”, frisa.

Lerroville

Em Lerroville, serão assistidas 138 crianças, em seis salas de aula, possibilitando atender a demanda reprimida existente no local, de 90 alunos com esta faixa etária. Atualmente, os estudantes do P4 e P5 são atendidos na Escola Municipal Professor Bento Munhoz da Rocha Neto e, com a abertura da creche, parte dos estudantes será remanejada para o novo prédio. Lerroville é o maior distrito de Londrina, em território, e não conta com nenhum centro de educação infantil para atender as crianças de 0 a 3 anos da região.

Um dos líderes da comunidade, Ederval Everson Batista, salienta que os moradores de Lerroville reivindicam a construção de uma creche há mais de 30 anos. “Têm mães que precisam levar os filhos para o centro de educação em Irerê, e muitas pessoas até mudaram do distrito devido à falta de creche. Além de atender as crianças e as mães, acreditamos que a construção deste centro trará mais desenvolvimento para o distrito”, ressalta.

A área construída do prédio, que fica na Rua Santos, s/n, será de 890,33 metros quadrados e o projeto tem investimento total de R$ 2.100.032,06. A responsável pelas obras é a Torres Novas Construtora Eireli – EPP e a previsão de entrega é para maio.

Santa Cruz

No Jardim Santa Cruz, região norte, a creche irá atender 292 alunos. A área construída do prédio será de 1.510,23 metros quadrados e contará 11 salas de aula. Está sendo investido na obra o total de R$ 3.157.840,49. A entrega está prevista para agosto, e a empresa responsável pelas obras é a Torres Novas Construtora Eireli – EPP. O endereço é Rua Spártaco Ferrarese, s/n.

Belleville

Outras 138 crianças serão assistidas na região norte, no Jardim Belleville, com a construção de uma creche prevista para ser entregue em maio, na Rua Mario Bottura, s/n. Seis salas de aula serão construídas no prédio, que terá 890,33 metros quadrados de área construída.

O local possibilitará atender a demanda tanto do Jardim Belleville quanto dos bairros adjacentes, como Paraíso, Milton Gavetti, Planalto e José Belinati, que não contam com um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI). O investimento é de R$ 1.969.069,49 e a responsável pelas obras é a Imai & Barreto Engenharia Ltda. A entrega está prevista para maio.

José Bastos de Almeida

Também está sendo construída uma creche no Residencial José Bastos de Almeida, na Rua Ernesto de Souza Guedes com Rua Nápoles, região sul, que atenderá outras 138 crianças. A edificação terá 890,33 metros quadrados de área construída e contará com seis salas de aula. A obra custa R$ 1.962.844,21 e a previsão de entrega também é para maio. Quem está construindo é a empresa Torres Novas Eireli – EPP.

Jardim Tarumã

A região leste também será beneficiada com a construção de uma creche, na Rua Sonia Maria Marenga Garcia, s/n, Jardim Tarumã. Mais 138 alunos poderão estudar no novo centro, que contará com 890,33 metros quadrados de área construída e seis salas de aula. Ao todo, a obra custará R$ 2.090.569,08 e a construtora responsável pelas obras é a Imai & Barreto Engenharia LTDA, que deverá entregar o prédio em maio.

Outras informações podem ser obtidas com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, no 3375-0022.

Dayane Albuquerque/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios