Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Recursos públicos foram adquiridos após viagem do prefeito Marcelo Belinati a Brasília, no último dia 29 de dezembro

A Prefeitura de Londrina começou o ano de 2022 em comemoração. Isso porque, o prefeito Marcelo Belinati anunciou a construção de duas novas creches no Município e um Centro Especializado em Atendimento de Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Hospital Evangélico. As boas novas foram conquistas da viagem a Brasília, realizada no último dia 29 de dezembro.

Segundo o prefeito Marcelo Belinati, a última semana do ano é um bom momento para captar recursos para obras e projetos públicos, por isso, anualmente ele tem ido a Brasília conversar com representantes e líderes do governo. “Nossa ida a Brasília foi muito produtiva. A última semana do ano é uma época muito importante para a liberação de recursos para os projetos que protocolamos junto ao Governo Federal, porque é o período de fechamento das contas dos Ministérios. Então, só tenho a agradecer ao líder do Governo Federal, Ricardo Barros, e a toda equipe do FNDE e do Ministério da Saúde”, disse Marcelo.

Neste ano, o prefeito esteve com o líder do Governo Federal, Ricardo Barros; com o presidente da Câmara de Deputados, Arthur Lira; Ministro de Saúde, Marcelo Queiroga; deputada federal, Luísa Canziani, e com a assessora da presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Rafaela Calado Masera. O secretário municipal de saúde, Felippe Machado, acompanhou as reuniões.

Creches

Através das tratativas, foi possível liberar o repasse de R$ 3,3 milhões para a construção das duas unidades de educação. Além dos recursos do FNDE, há a previsão de contrapartida municipal, que somada à liberação anunciada deve alcançar R$ 5 milhões de investimentos na educação.

Uma das creches deve ser erguida no Jardim Santo André (região oeste) e a outra no Conjunto José Giordano (região norte). Segundo Marcelo, as duas unidades são reivindicações antigas da população, que há mais de 30 anos aguardam pelas obras. “É um sonho de mais de 30 anos, que, agora, vai sair do papel para transformar a realidade de muitas crianças e famílias de Londrina”, disse o prefeito.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Pashoal de Moraes, nas duas localidades escolhidas há uma lista de espera de aproximadamente 500 crianças. Com os novos prédios, a expectativa é que sejam criadas mais de 300 vagas para a educação infantil, sendo que, no Jardim Santo André, deve ser erguida uma creche com maior capacidade. Ela deve atender mais de 180 alunos, de zero a três anos, em período integral. Já o Conjunto José Giordano deverá receber uma unidade educacional Proinfância Tipo 2, que têm capacidade para comportar mais de 90 crianças, de zero a três anos, também em período integral.

A creche no Jardim Santo André, por ser maior, deve custar cerca de R$ 3 milhões. Já a unidade de educação infantil no Conjunto José Giordano poderá somar R$ 2 milhões. “Vamos solicitar à Secretaria de Obras e Pavimentação que prepare os projetos para a implantação e construção. Isso é feito via contratação de escritórios de arquitetura e engenharia, o que deve ser realizado durante o ano de 2022, para que possamos licitar e iniciar as obras em 2023. A nossa previsão é que as aulas possam começar nessas duas unidades em 2024”, pontuou Moraes.

Hospital Evangélico

Além do anúncio das creches, o prefeito Marcelo Belinati também contou que, por meio de uma reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi possível confirmar o credenciamento do Hospital Evangélico para liberação e constituição de um Centro Especializado em Atendimento de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Assim, além do repasse anual de R$ 700 mil – que o Evangélico recebe para os atendimentos -, o hospital passará a contar com um moderno centro de atendimento aos pacientes que sofreram com derrame cerebral. “Ele terá tudo que tem de mais moderno na medicina, seja em equipamentos, medicações e equipe de saúde especializada. Vai salvar muitas vidas e evitar muitas sequelas dessa doença terrível que é o derrame cerebral”, disse o prefeito.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.