Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Desta vez a conquista foi da população do Patrimônio Regina, totalizando 24 unidades de saúde reformadas desde 2017

A Prefeitura de Londrina prossegue com avanços na saúde pública municipal. Na sexta-feira (14), o prefeito Marcelo Belinati, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, entregou as obras da Unidade Básica de Saúde (UBS) Graciosa Dal-Bó Bianch, localizada no Patrimônio Regina. Com esta UBS, o Executivo chega à marca de 24 unidades de saúde revitalizadas pela administração atual, totalmente reformadas, mobiliadas e climatizadas.

A UBS do Patrimônio Regina foi inaugurada em 1985 e teve sua nova sede construída em 2011, com 300 metros quadrados de área. Sua área de abrangência é responsável por três mil pessoas, moradores dos patrimônios Regina e Espírito Santo, Gleba Cafezal, Viação Velha e Chácara Meleiro. Enquanto a unidade passava pelas obras, a equipe atendia os usuários na unidade do Jardim Guanabara.

Um dos usuários presentes na reabertura da UBS, Lauro Ciro Terciotti, reside no Patrimônio Regina desde maio de 1948, e acompanha a evolução da unidade desde sua inauguração, passando pela conquista de um novo prédio que, agora, recebeu reforma completa. “Essa foi a primeira reforma que vi do nosso posto de saúde. Venho sempre para pegar medicação, passar por consulta, e temos médicos muito bons aqui. Estávamos na espera para que reabrissem e ficou ótima, muito bonita. Assim que o pessoal liberar, volto para pegar meus medicamentos, hoje vim conferir como ficou e achei o serviço muito bom”, comentou.

Na visita até a UBS, o prefeito de Londrina ressaltou o compromisso da administração em ofertar boas condições nas unidades de saúde, para os pacientes e também aos servidores. “Tenho dito que não só em Londrina, chegamos em um momento que as pessoas não davam o devido valor aos profissionais de saúde. E essa pandemia, que tem muitos lados ruins, nos fez aprender muita coisa. Uma delas é valorizar esse pessoal que está aqui, muitas vezes arriscando a própria vida, para cuidar dos outros. Esse é o valor de todos os profissionais da saúde”, citou.

Marcelo elencou as ações realizadas nos últimos anos pela Prefeitura, como a garantia dos medicamentos básicos em estoque, reforma e entrega de 24 unidades de saúde, ampliação e reforma da Maternidade Municipal, reconstrução do PAI, início das obras da nova sede do SAMU, entre outras. “Tem sido feito um grande trabalho, e não só na saúde. Isso também acontece em todas as áreas da cidade, seja educação, asfalto, infraestrutura, em todas as áreas esse trabalho tem acontecido. Há muito o que fazer, mas o importante é que, hoje, Londrina está vivendo um novo momento. Não tem quem não venha a Londrina, e não saia apaixonado pela nossa cidade. E a gente está conseguindo devolver, ao cidadão londrinense, o orgulho de morar em Londrina, de saber que estamos vivendo em uma das melhores cidades do Brasil”, frisou.

Para o secretário municipal de Saúde, estes e demais avanços obtidos em prol da cidade refletem a união de esforços entre a Prefeitura e a Câmara Municipal. “Londrina, infelizmente, estava ficando para trás. Mas houve coragem do prefeito Marcelo Belinati, de fazer esses projetos e levá-los ao Legislativo, entendendo que o benefício para a cidade, em médio e longo prazo, seria enorme. A Câmara Municipal aderiu a essa ideia, e vemos que foi o caminho certo, a escolha adequada, pois hoje entregamos a 24ª unidade de saúde totalmente reformada, não só da parte estrutural”, indicou.

Machado destacou a atenção do Município em prover melhores condições para os servidores que atuam na Secretaria Municipal de Saúde. “Há muitos anos, os mais de três mil servidores da Saúde não possuíam condições adequadas de trabalho, o que compete à gestão oferecer. Por isso, trouxemos novos móveis, equipamentos, salas climatizadas, contratação de novos profissionais, para que o cidadão londrinense tenha condições de ser atendido da melhor forma possível. Londrina, por muitos anos, foi referência no serviço de saúde pública, e resgatamos esse posto”, ressaltou.

A UBS do Patrimônio Regina oferece consultas médicas, consultas e atendimentos de enfermagem e atendimento odontológico. Além disso, conta com o apoio de fisioterapeuta, duas vezes por semana, e de nutricionista.

Serviços executados

A unidade recebeu diversas intervenções: melhorias nos pisos interno e externo, calçada e acesso; recuperação dos ambientes existentes na UBS, com pintura de paredes, revisão e recuperação das esquadrias metálicas, substituição de vidros; melhorias nas instalações hidráulicas e elétricas; revisão e recuperação da cobertura; substituição dos rufos e calhas; acessibilidade (conforme normas ABNT 9050); adequação da comunicação visual e recuperação do abrigo de resíduos.

Também foram instalados mobiliários e equipamentos novos, e climatização com aparelhos de ar-condicionado. A empresa responsável pela reforma, vencedora do processo licitatório, foi a Rezende Construções Civis. O investimento foi de R$ 105.942,49 em recursos públicos.

O Município também revitalizou o entorno da UBS do Patrimônio Regina. A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) inseriu parquinho infantil, lixeiras e sinalização viária, e executou o plantio de árvores. A Sercomtel Iluminação implantou quatro pontos de iluminação em LED na área da UBS. A Prefeitura e a Sercomtel Iluminação já haviam trocado as luminárias antigas por LED em todo o Patrimônio. No começo do ano, foram colocadas 15 modernas luminárias.

Avanços

A reforma das UBSs está inserida no Programa de Reestruturação da Saúde Pública de Londrina, iniciado em 2017. Desde então, a Prefeitura já entregou 24 unidades: reforma das UBSs do Patrimônio Regina, Panissa, do Centro Social Urbano (CSU), Pind, Vila Casoni, Ermani Moura Lima, Carnascialli, Jardim do Sol, Alvorada, Selva, Warta, Paiquerê, Maria Cecília, Piza, João Paz, Eldorado, Campos Verdes, Santiago, Três Bocas, construção da UBS do Santa Rita, reforma do CAPS Infantil, do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e da Farmácia Municipal. Além disso, está em andamento a reforma de outras 12 unidades de saúde e outras duas estão em construção.

A entrega da UBS do Patrimônio Regina teve ainda a participação da coordenadora da unidade, Luiza Cleto, e sua equipe, os vereadores Péricles Deliberador, Estevão da Zona Sul, Jairo Tamura e Vilson Bittencourt, lideranças comunitárias e religiosas, moradores do Patrimônio, entre outros.

Dayane Albuquerque e Juliana Gonçalves/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios