Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Diversas ações estão sendo planejadas pelo Conselho Municipal de Cultura de Paz (Compaz), junto à Organização Não Governamental (ONG) Londrina Pazeando, em prol deste movimento

O Conselho Municipal de Cultura de Paz (Compaz), junto à Organização Não Governamental (ONG) Londrina Pazeando e a diversas outras instituições ao redor do mundo, está promovendo a 2º Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência. A ação é uma iniciativa por um planeta sem armas e sem guerras, com intuito de percorrer diversos países ao redor do globo disseminando este propósito.

O movimento teve início no dia 2 de outubro, em Madri, e percorrerá mais de 100 países durante cerca de seis meses. Atualmente, a marcha está passando pelo continente africano.

Como o evento engloba nações de todos os lugares do mundo, é complexo para que as mesmas pessoas participem do trajeto por inteiro, portanto, em cada município previsto para a passagem da marcha é montada uma caravana com indivíduos da própria região, a fim de que se realize um dia de caminhada a favor da campanha.

“A Marcha Mundial pela Paz luta pela questão do desarmamento nuclear. Há muitas indústrias produzindo armas no mundo. O objetivo é converter o dinheiro que se investe em exército para que seja utilizado na preservação do planeta”, contou o secretário do Compaz e gestor do Londrina Pazeando, Luis Cláudio Galhardi.

No Brasil, o percurso começará no dia 6 de dezembro, em Recife (PE). Já em Londrina, a caravana irá se reunir para atravessar a cidade no dia 17 do mesmo mês. Diversas atividades lideradas pelo Compaz e pela ONG Londrina Pazeando foram e estão sendo planejadas para ocorrer no município em culminância com esta data.

Ações

No dia 28 de agosto foi inaugurado, no Lago Igapó, o Totem do Dado de Cultura e Paz, que funciona como um jogo de tabuleiro interativo, estimulando o jogador, em cada fase, a praticar ações de paz e respeito e a ler os princípios do Manifesto 2000 da UNESCO. Já no dia 22 de setembro, houve o 11º Abraço no Lago Igapó pela Paz. O evento aconteceu na Rua Bento Munhoz da Rocha Neto, esquina com a Avenida Higienópolis.

Uma reunião com o tema “Conexão Londrina com a Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência” ocorreu no dia 2 de outubro, no Centro Pastoral Dom Bosco (Rua Dom Bosco, 145). O debate teve como objetivo divulgar a iniciação da Marcha Mundial pela Paz, a qual ocorreu na mesma data. Na ocasião foi discutido o planejamento de Londrina para a passagem da caravana pela cidade, no dia 17 de dezembro, e também teve a realização de um painel humano, onde pessoas se uniram lado a lado formando uma espécie de símbolo da paz.

No dia 5 de outubro ocorreu o 6º Manifesto pela Paz em prol do desarmamento, na Rua Rafael Lamastra, 36, no Conjunto Habitacional Milton Gavetti (região norte). A ação teve o intuito de realizar a destruição de armas de brinquedos a fim de conscientizar pais e crianças sobre os malefícios destes itens.

Para o período entre os dias 18 e 21 de novembro está projetada a 2° Semana Municipal de Justiça Restaurativa de Londrina, a qual possui conexão com a 2° Marcha Mundial pela Paz.  Também no dia 21 de novembro ocorrerá a 9º entrega do SELO – Arma Não é Brinquedo, na Câmara Municipal.

Por fim, no dia 17 de dezembro, devido à passagem da Marcha por Londrina, irão acontecer diversas atividades: às 14h haverá o deslocamento até a Câmara Municipal, onde acontecerá uma audiência; às 15h o prefeito ou algum representante do governo irá realizar um pronunciamento; às 16h o grupo visitará o Totem da Paz, no Lago Igapó; às 17h30 se formará uma concentração no calçadão para a realização da caminhada; às 19h está prevista uma ação junto ao movimento LondriNatal; e às 21h, ocorrerá um jantar de encerramento. Cerca de 20 pessoas são esperadas para o evento.

Esta é a segunda vez que a Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência acontece. A primeira foi há dez anos, em 2009. Na oportunidade, Londrina era o único município brasileiro, sem ser capital, que estava envolvido na iniciativa. Com duração de 93 dias, 97 países participaram da ação.

Confira a rota da 2º Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência, no Brasil:

Recife/PE – 6 a 8 de Dezembro

Salvador/BA – 9 e 10/dez.

São Paulo/SP – 10 e 11/dez.

Cubatão/SP – 11/dez.

Caucaia/SP – 12/dez.

Itapeva/SP – 13/dez.

Paraisópolis/MG – 13/dez.

Campinas/SP – 14/dez

Rio de Janeiro/RJ – 15 e 16/dez.

Maricá/RJ – 16/dez.

Londrina/PR – 17/dez.

Curitiba/PR – 18/dez

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios