Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Prefeitura ilumina pontos de visitação para marcar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo; projeto é da Sercomtel Iluminação

Alguns monumentos da cidade já estão “pintados” de azul para marcar a passagem do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado em 2 de abril, e lembrar a sociedade sobre o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). A Prefeitura de Londrina, através da Sercomtel Iluminação, colocou iluminação especial para marcar a campanha, que vai durar até pelo menos o próximo dia 4. O serviço da Sercomtel Iluminação conta com o apoio da Câmara Municipal.

Estão iluminados de azul a Concha Acústica, Monumento “O Passageiro”, entre as ruas Rua Santa Catarina e Norman Prochet (ambos no Centro da cidade); a cascata artificial do Lago Igapó 2, sob a ponte da Avenida Higienópolis; Praça da Garça, no final da Avenida Maringá (os dois na região sul), e o Monumento à Bíblia, no final da Rua Senador Souza Naves, na região centro-sul. Todos os pontos estão recebendo um total de 17 projetores especiais. O Viaduto Desembargador Edson de Jesus Deliberador, localizado na Avenida Dez de Dezembro com as avenidas Jacobe Bartolomeu Minatti (Leste-Oeste) e Theodoro Victorelli, também ganharam as novas cores.

De acordo com o presidente da companhia, Claudio Tedeschi, campanhas deste gênero são importantes porque alertam a sociedade para a questão: “A Sercomtel Iluminação procura estar sempre engajada nas causas sociais”. Já o diretor de Operações Alexander Farias Fermino, por sua vez, destaca que a empresa comunga dos mesmos interesses patrocinados pelos poderes públicos: “Recebemos um pedido da Câmara Municipal e do vereador Jairo Tamura para iluminar alguns pontos de visitação pública. Trata-se de uma causa muito justa”.

Inclusão

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo faz parte do calendário de Comemorações Oficiais do Município de Londrina desde 2014, e anualmente são realizadas ações com o intuito de promover a inclusão, garantir direitos e conscientizar a comunidade. A campanha é importante porque dá destaque ao Transtorno do Espectro Autista (TEA), uma condição de saúde caracterizada por déficit em duas importantes áreas do desenvolvimento: comunicação social e comportamento.

Não há só um tipo de autismo, mas muitos subtipos, que se manifestam de uma maneira única em cada pessoa, tão abrangente que se usa o termo “espectro” pelos vários níveis de comprometimento — há desde pessoas com outras doenças e condições associadas (comorbidades), como deficiência intelectual e epilepsia, até pessoas independentes, com vida comum. Algumas nem sabem que são autistas, pois jamais tiveram diagnóstico.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios