Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Professor de taekwondo realizará um desafio de 5.200 abdominais, que serão revertidas em doações ao Hospital do Câncer e Associação Defensora dos Animais

O Ginásio de Esportes Moringão abre os portões à comunidade neste sábado (9), às 9 horas, para receber o evento Abdominal Solidário, uma ação beneficente em prol do Hospital do Câncer de Londrina (HCL) e da Associação Defensora dos Animais (ADA).

A iniciativa foi idealizada pelo londrinense Josué Lima, professor e vice-presidente de Artes Marciais da Federação Paranaense de Taekwondo (FPTKD). Neste evento, inédito, ele tentará cumprir um desafio pessoal de fazer 5.200 repetições de exercícios abdominais. O público participante poderá colaborar, de forma espontânea, com qualquer ajuda a partir de um real.

O montante arrecadado será todo revertido para as instituições HCL e ADA. A ação tem entrada gratuita e conta com apoio da Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes de Londrina (FEL). “Estou convidando os amigos e atletas da cidade para fortalecer as doações. A brincadeira é dizer que cada abdominal feita vale um real e tentaremos arrecadar o máximo possível para repassar a estas duas entidades que realizam um trabalho importante em Londrina. Tentarei bater a meta traçada e conto com o apoio de todos”, explicou Lima.

Além de acompanhar o desafio e colaborar com o ato solidário, quem comparecer ao evento ainda poderá fazer um aulão aberto de taekwondo no ginásio, monitorado por instrutores. Diversos grupos de esportes da cidade, incluindo de artes marciais e corrida, foram convidados para o evento e devem ter representantes participando. O Hospital do Câncer e a ADA também estarão representados.

O assessor de Esportes e Eventos da FEL, Sandro Henrique dos Santos, destacou a relevância de ações solidárias que incentivam a prática esportiva e o envolvimento da população em causas importantes. “Quando o professor Josué nos procurou para falar sobre sua ideia de fazer este evento, a FEL prontamente aprovou e se ofereceu para apoiar, pois trata-se de uma mobilização que busca ajudar pessoas com câncer e fortalece a defesa dos animais. Todo mundo está convidado a participar e toda ajuda é bem-vinda. Estamos ajudando na divulgação para tentar trazer o maior número de pessoas”, disse.

Renan Oliveira/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios