Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Exposição gratuita chega pela primeira vez a Londrina e fica até 28 de maio no Catuaí Shopping

Conflitos armados, epidemias, catástrofes naturais e fome são alguns contextos de crises humanitárias que muitas pessoas enfrentam no mundo e que estão reunidas na mostra “Conexões”, uma exposição fotográfica da organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF), aberta ao público de 1 de maio a 28 de maio, no Catuaí Shopping, em Londrina. São 72 imagens que sintetizam o trabalho de MSF, em diversos contextos de atuação.

A ajuda oferecida pela organização tem como base apenas a necessidade das populações atendidas, sem discriminação de raça, religião ou convicção política, e de forma independente de poderes políticos e econômicos. Há registros feitos em mais de 20 países, incluindo Brasil, Afeganistão, Haiti, Iêmen e República Centro-Africana.

Algumas imagens da exposição são iluminadas por LED. Outras devem ser visualizadas com óculos infravermelhos, para que apareçam imagens diferentes das vistas a olho nu.

"A exposição Conexões traz uma memória única sobre o nosso trabalho, explorando os diversos contextos nos quais trabalhamos. Sua grandiosidade está nas fotos, que permitem se conectar com a realidade, refletir sobre crises humanitárias esquecidas e pessoas que negligenciamos. A mostra nos confronta com essa realidade, e esperamos que gere reflexões e atitudes em quem tiver a oportunidade de visita-la", observa Diogo Galvão, coordenador de Projetos Especiais de MSF.

A exposição já esteve em diversas cidades brasileiras, como Salvador, Vitória, Campinas, Recife e Fortaleza, e chega pela primeira vez ao Paraná. A visitação de “Conexões” é gratuita e pode ser feita todos os dias da semana.

Asimp/Médicos Sem Fronteiras

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios