Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Ministério Público do Paraná, por meio da 16ª Promotoria de Justiça de Londrina, no Norte-Central do estado, ofereceu denúncia criminal contra 31 pessoas envolvidas com organização criminosa que atua em diversos estados a partir de presídios. Os réus foram investigados no âmbito da Operação Irmandade, deflagrada em fevereiro pelo MPPR em conjunto com a 4ª Companhia Independente de Polícia Militar de Londrina e que culminou no cumprimento de 47 mandados de busca e apreensão e 29 de prisão preventiva em oito cidades (seis no Paraná, uma no Maranhão e a capital paulista).

Os réus são acusados de crimes como participação em organização criminosa, sequestro qualificado por grave sofrimento físico (em razão de espancamento), tráfico de drogas, associação para o tráfico e falsificação de documento público. Dos 31 acusados, 25 já estão presos. Os objetos e documentos apreendidos na operação continuam em análise, podendo gerar novas denúncias.

Asimp/MPPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios