Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Dirigentes da empresa indiana foram recebidos pelo prefeito Marcelo Belinati em solenidade ontem (7), no gabinete; grupo tem plano de expansão e investimentos em mão de obra para Londrina

Em cerimônia realizada ontem (7), no gabinete do prefeito Marcelo Belinati, dirigentes da Tata Consultancy Services (TCS), multinacional indiana líder global em serviços de TI, juntamente com autoridades locais, celebraram a contratação de mais de 1.100 colaboradores em Londrina. Esta marca é referente aos últimos três anos, ou seja, desde 2018, quando a organização começou a operar na cidade, tendo aqui seu maior centro operacional do Brasil. Além disso, a novidade é que a empresa anunciou uma expansão de sua atuação em Londrina, com mais 700 oportunidades de emprego abertas para serem preenchidas no decorrer de 2022.

Participaram e foram simbolicamente homenageados no evento Tushar Parikh, Country Head da TCS no Brasil e BFSI Head na América Latina, Marcelo Wurmann, CEO da TCS para América Latina, Parameswaran Ramani, Executivo de BFSI, Francisco Júnior, Delivery Center Head na TCS Londrina, Bruno Rocha, diretor financeiro (CFO) da TCS no Brasil, entre outros executivos da multinancional. Por parte do Município, estiveram presentes, além do prefeito Marcelo Belinati, o vice-prefeito João Mendonça, o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, os vereadores Jairo Tamura, Fernando Madureira e Matheus Thum, além do ex-prefeito de Cambé, Zé do Carmo.

Segundo Tushar Parikh, a TCS pretende fortalecer seu plano de expansão em Londrina, para que a cidade se torne uma de suas bases referenciais, gerando mais empregos na região e trazendo novos investimentos. “Estamos com mais de mil funcionários estabelecidos, que geram, aproximadamente, uma cadeia de 3 mil empregos indiretos. Agora, são mais 700 vagas abertas em Londrina, além de 1.300 no Brasil. Isto nos dá possibilidade de aumentar o alcance da TCS, sendo Londrina um dos nossos pilares de crescimento no Brasil.  É um orgulho ver o desenvolvimento do projeto aqui e a ideia é continuar investindo no mercado para criar mão de obra local, aproveitando a vocação e os talentos da cidade para a tecnologia. Começamos a operar em 2018 na cidade, que vem se firmando como polo tecnológico em uma região maravilhosa, com boa qualidade de vida e potencial de trabalho, um celeiro de talentos muito acessível. Estes foram alguns dos diferenciais para que o município fosse escolhido”, salientou.

Parikh disse que a empresa tem diferentes perfis para cargos de trabalho e atua com tecnologias como, por exemplo, desenvolvimento em java, operação de infraestrutura, cloud, analytics, BPS e outras linguagens para atender áreas industriais, bancos, setor de manufaturas, telecomunicações e demais segmentos. “Para trabalhar conosco, é preciso principalmente ter uma boa atitude, estar preparado para a função desejada, muita vontade de aprender e aprimorar conhecimentos. A TCS Brasil tem hoje cerca de 4 mil colaboradores empregados e, no mundo, são mais de 500 mil funcionários espalhados por dezenas de países”, completou.

O prefeito Marcelo Belinati enfatizou que a TCS, como uma das maiores empresas do mundo, vem colaborando para o desenvolvimento da cidade ao trazer mais oportunidades de trabalho e investimentos, gerando renda à economia local. “O dia de hoje é de ótimas notícias, importante para celebrarmos o sucesso da multinacional indiana em Londrina. A operação local da empresa valoriza nosso nome não somente em nível nacional, mas para o mundo. Cabe ao poder público mobilizar forças para qualificar os profissionais e ajudá-los a ocupar as centenas de vagas de emprego que estão abertas, como já ocorreu em etapas anteriores. Temos um arranjo produtivo local de TI muito forte, o Senai, o Sebrae, a UEL e demais universidades. Vamos todos trabalhar em conjunto para que nossos estudantes e profissionais consigam adentrar neste mercado”, disse.

Marcelo Wurmann, CEO da TCS para América Latina, frisou que a expansão em Londrina abre um cenário de possibilidades em termos de projetos e fortalecimento do ecossistema produtivo da região. “Nos enche de orgulho ver os resultados positivos da Tata em Londrina. Mais de mil empregos gerados em três anos, a capacitação de mão de obra e parcerias com universidades e iniciativas empreendedoras, tudo isso é apenas o começo do que vem pela frente. Temos planos ambiciosos para a base de Londrina alavancar seu potencial e queremos encorpar a cadeia de tecnologia da região com o que podemos oferecer de melhor em nossa expertise”, afirmou.

O presidente da Codel, Bruno Ubiratan, destacou a importância do setor tecnológico para Londrina e a vinda de novos empreendimentos. “São muitas as empresas chegando na cidade, em diferentes campos, e temos aqui uma área de tecnologia crescente, com muita demanda e pessoas prestando serviços, várias delas de forma remota para outras cidades e países. A TCS está expandindo, oferece ótimas oportunidades, salários e planos de carreira, e pretende empregar mais centenas de talentos profissionais. Londrina vem se preparando para treinar os jovens e fazer com que estejam aptos a ingressar na TCS e em outras multinacionais e empresas. A Codel tem participado de reuniões, articulações e projetos sobre novos negócios para Londrina, sempre mostrando nosso perfil inovador. Hoje são mais de 1.800 empresas na cidade no segmento de TI, somos a décima maior hoje no Brasil em termos de startups e a maior do Paraná”, detalhou.

Por sua vez, o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, frisou que a Prefeitura prosseguirá com esforços intensos para manter o quadro de crescimento em empregabilidade. “Tivemos números recorde nos últimos meses em termos de geração de emprego, com saldos positivos que não se via há muitos anos. É um desafio fazer a ponte de ligação entre os trabalhadores e empresas, o mercado de TI vem crescendo e a TCS é um dos catalisadores dessa transformação. Por isso, cumprimento todo o time da multinacional e vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para que as vagas atuais sejam aos poucos preenchidas”, apontou.

Nomeação

Durante a cerimônia na Prefeitura, também foi anunciada uma mudança na direção da TCS Londrina, com a nomeação de Francisco Júnior como o novo Delivery Center Head na TCS Londrina, onde irá trabalhar com todas as unidades de negócios. Francisco está na TCS há mais de 10 anos, onde já ocupou o cargo de Finanças no Brasil e, posteriormente, foi Head de Finanças para o Peru e para o Chile em seu último cargo. O executivo, que já iniciou o processo de transição para a nova função, ficará baseado em Londrina e se reportará diretamente a Tushar Parikh, Country Head no Brasil e BFSI Head na América Latina.

Francisco Júnior informou que, para 2022, há a intenção de dar continuidade ao trabalho de excelência que vem sendo prestado em Londrina. “Nos próximos anos, assumo a missão de continuar o excelente trabalho que Param tem executado à frente da TCS em Londrina. Como uma companhia líder global em serviços de TI, consultoria e soluções de negócio prevemos um ano promissor para contribuir com o desenvolvimento e desafios dos nossos parceiros e clientes. Uma das intenções é atuar para estreitar e ampliar parcerias com órgãos como o Sebrae, Senai, Codel e outros, para formação de mão de obra qualificada, com foco nos londrinenses para ocupar as 700 vagas existentes”, disse.

Parameswaran Ramani, que ocupava o atual cargo de Francisco, assumirá uma nova função em BFSI – Brasil, baseado na Índia. “Com a pandemia, herdamos um legado da transformação digital que hoje nos permite assumir funções de qualquer lugar. Deixo a minha base no país apenas fisicamente, pois assumo novos desafios, agora focado no setor financeiro no Brasil e continuarei contribuindo para o crescimento de Londrina. Sou extremamente grato pela minha estadia no Brasil, principalmente a Londrina, que foi uma cidade muito acolhedora. Estou muito feliz pelo dia de hoje, celebrando uma marca importante para a TCS, e levarei a ‘terra vermelha’ de Londrina no coração, pretendendo voltar”, afirmou.

Sobre a TCS

A Tata Consultancy Services é uma organização de serviços de TI, consultoria e soluções de negócios que tem feito parceria com muitas das maiores empresas do mundo em suas jornadas de transformação por mais de 50 anos. A TCS oferece um portfólio integrado liderado por consultoria, impulsionado pela cognição, de serviços e soluções de negócios, tecnologia e engenharia. Isto é fornecido por meio de seu modelo de entrega Localização Independente Ágil™, reconhecido como uma referência de excelência em desenvolvimento de software.

Como parte do Grupo Tata, o maior grupo multinacional de negócios da Índia, a TCS tem mais de 528 mil dos consultores mais bem treinados do mundo em 46 países. A empresa gerou receitas consolidadas de US$ 22,2 bilhões no ano fiscal encerrado em 31 de março de 2021 e está listada na BSE (antiga Bolsa de Valores de Bombaim) e na NSE (Bolsa de Valores Nacional) na Índia. A postura proativa da TCS em relação às mudanças climáticas e o trabalho premiado com comunidades em todo o mundo garantiram a companhia um lugar nos principais índices de sustentabilidade, como o MSCI Global Sustainability Index e o FTSE4Good Emerging Index.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.