Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento ocorre no dia 21 de setembro e terá o tema “Ecossistema de Inovação de Londrina”

A comissão organizadora da V Conferência Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Londrina abre inscrições para o evento, na próxima quinta-feira (26). A Conferência deste ano trabalha o tema “Ecossistema de Inovação de Londrina”, e será realizado no dia 21 de setembro, das 8 as 13h, no Serviço Nacional da Indústria (SENAI), localizado na Rua Belém, 844. O edital de convocação para o evento está disponível na edição nº 3.571 do Jornal Oficial do Município, que pode ser acessado em www.londrina.pr.gov.br.

Estarão abertas inscrições para as seguintes modalidades: 25 vagas para delegado da comunidade científica e tecnológica de Londrina; 25 vagas para delegado das instituições representativas do setor produtivo da classe trabalhadora; oito vagas para delegado do Poder Executivo Municipal; membro do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia; convidado e observador. Para as duas últimas categorias, as inscrições vão até o dia do evento, as demais encerram no dia 6 de setembro. Poderão ser inscritos um representante titular e um suplente por instituição/entidade por segmento. Candidatos à representatividade das entidades não podem se inscrever para delegados da sociedade civil. A ordem cronológica contará como critério de limitação de inscrição.

Podem se candidatar ao conselho membros da comunidade científica de Londrina (indicados pelas universidades e institutos de pesquisa); delegados do setor produtivo (indicados pelos sindicatos patronais, desde que sejam representantes de empresas inovadoras); e delegados do setor produtivo (de entidades que promovem atividades de apoio às empresas).

A conferência buscará fazer uma avaliação da realidade do setor de Ciência, Tecnologia e Informação em Londrina; fixar diretrizes gerais da política municipal de TI para o biênio de 2018 a 2020; aprovar e publicar as resoluções que serão registradas em documento; avaliar as ações realizadas pelo Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia; e por fim, eleger os representantes titulares e suplentes da sociedade civil que irão compor o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Informação de 2018 a 2020.

De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Informação, Eduardo Netto, a próxima gestão deve seguir o mesmo conceito relacionado ao meio ambiente. “Esse biênio foi positivo para a cidade, pois vários terrenos foram liberados, principalmente por conta do Parque Tecnológico, e esperamos continuar com isso. A conferência deste ano abordará, principalmente, o conceito de cidade limpa. Para isso realizaremos palestras e teremos algumas mesas para sanar todas as dúvidas e trabalhar bem a questão do ecossistema”, afirmou.

O presidente destacou ainda os rumos que o Conselho deve seguir até 2020. “A expectativa é que Londrina continue recebendo empresas, pois somos referência no setor. Para isso, buscaremos a criação de mecanismos de desburocratização da criação de empresas de TI. Só para se ter uma ideia, segundo dados do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), entre 2012 e 2013, Londrina tinha 1.181 empresas de TI, hoje possui 2.246. São 24 mil empregos diretos gerados pelo setor. Isso gera um enorme beneficio para a cidade”, destacou Netto.

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios