Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Leitos moderados foram contratados em hospital terciário, com investimentos em cerca de R$2,5 milhões

A Prefeitura de Londrina segue com as ações do Programa de Reestruturação da Saúde Pública. E como parte deste trabalho, ontem (1) foi oficializada nova ampliação de leitos hospitalares, junto ao Hospital Evangélico de Londrina. Foram contratados mais 30 leitos moderados, de enfermaria, para assistência em saúde na rede pública, pelo período inicial de 90 dias.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, a medida soma-se a outros 30 leitos, também moderados, contratados em julho na Irmandade Santa Casa de Londrina (ISCAL). “Mesmo com o advento da pandemia de Covid-19, ainda enfrentamos outras doenças. E, para auxiliar o sistema público de saúde, a Prefeitura optou por ampliar esses leitos nos hospitais terciários, para todas as patologias. Sabemos que a demanda das unidades hospitalares é maior no período do inverno, e com essa medida, que totaliza 60 novos leitos, esperamos contribuir para o sistema local operar com eficiência e qualidade”, detalhou.

Para contratualização dos 30 leitos moderados no Hospital Evangélico, a Prefeitura de Londrina irá investir cerca de R$2,5 milhões, em período de 90 dias. “Nessa semana, tivemos também a entrega de mais 35 leitos pelo Hospital Universitário de Londrina, estes exclusivos para pacientes com Covid-19. Ao todo, o hospital de Retaguarda do HU oferta 120 leitos Covid-19, e a cidade passa a contar com mais de 400 leitos hospitalares na rede SUS, um número expressivo e importante”, frisou o secretário.

O Painel Covid-19, mantido pela Prefeitura de Londrina com dados locais oficiais e atualizados, fará hoje o acréscimo dos 35 leitos Covid-19 que operam pelo HU-UEL.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios