Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Keiji Hamada destacou as ações culturais e artísticas promovidas pela comunidade nipo-londrinense, e ressaltou a disposição do Consulado de colaborar com a cidade

Na quinta-feira (28), o prefeito Marcelo Belinati recebeu a visita oficial do novo cônsul do Japão no Paraná, Keiji Hamada. Ele veio acompanhado do deputado federal, Luiz Nishimori, e dos vereadores Eduardo Tominaga e Jairo Tamura. Essa é a segunda ocasião em que o novo cônsul visita Londrina. A primeira foi na década de 1980. Desta vez, Hamada esteve na Câmara Municipal e na Aliança Cultural Brasil-Japão do Paraná, que fica na Rua Paranaguá, 1782. No fim do dia, ele retornará ao Consulado-Geral do Japão, que fica em Curitiba.

Durante o encontro, o prefeito Marcelo lembrou que Londrina é coirmã da cidade de Nishinomiya, localizada na província de Hyogo, e também da cidade de Nago, situada na província de Okinawa. A irmandade entre esses municípios permite a troca de conhecimento e o estabelecimento de convênios, como aqueles que permitem o intercâmbio de alunos estrangeiros ao Brasil e vice-versa. “Londrina é a quarta maior cidade do sul do Brasil e tem cidades japonesas como irmãs. É uma ligação muito forte, com convênios que permitem que estudantes de lá venham para cá e vice-versa. Isso é importante para nós, porque admiramos muito o povo japonês, seus valores, princípios e crenças, por isso procuramos sempre trabalhar em conjunto. Londrina está de portas abertas para o povo japonês”, disse Marcelo.

Além disso, as autoridades lembraram que, entre as mil maiores empresas instaladas no Brasil, seis estão em Londrina, sendo duas delas gerenciadas por nipo-brasileiros. São elas, a construtora A.Yoshii e a Cooperativa Integrada. O prefeito e o cônsul do Japão também trocaram presentes, sendo que o prefeito ganhou um relógio de parede e deu para o visitante um livro sobre a história de Londrina.

Durante o encontro, o cônsul Keiji Hamada destacou as ações culturais e artísticas que acontecem em Londrina, para homenagear o povo de seu país, e também elogiou a organização da comunidade nipo-brasileira, que promove a preservação e a divulgação da cultura japonesa no Estado do Paraná, em locais como a Praça Tomi Nakagawa. “Minha cultura respeita muito as regras, mas vivendo e conhecendo o Brasil, vejo que podemos aprender um com o outro. Aqui, em Londrina, há vários eventos culturais envolvendo o povo do Japão e, por isso, gostaria de pensar em como podemos contribuir mais com a cidade. Vou levar em consideração todos os convites para voltar aqui”, afirmou o cônsul-geral do Japão no Paraná.

O deputado federal, Luiz Nishimori, que representa a comunidade de origem japonesa na Câmara dos Deputados, contou que faz apenas quatro dias que o novo cônsul assumiu o cargo e, nesse pequeno intervalo, já visitou os municípios de Cianorte e Maringá. Segundo Nishimori, Londrina possui atualmente a segunda maior população nipo-brasileira residente no Brasil, chegando a 6 mil famílias. Já Maringá concentra por volta de 5 mil núcleos familiares japoneses. “O cônsul chegou recentemente e já está visitando os municípios paranaenses para se apresentar oficialmente. O Governo do Japão tem muita consideração pelo Estado do Paraná, porque foi o local que iniciou a relação de amizade com o país e logo começou a receber os imigrantes, que hoje chegam a 250 mil no Brasil. O Consulado sempre proporcionará apoio e auxílio e terá uma amizade profunda com o povo do Brasil”, salientou o deputado federal.

Sobre os japoneses no Brasil

Segundo o Consulado Japonês, o primeiro grupo de imigrantes japoneses chegou ao Brasil em 1908, a bordo do navio Kasato-maru. Em 2008, comemorou-se o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, com a presença do Príncipe Herdeiro Naruhito. Na ocasião, ele visitou as cidades com maior concentração de nipo-descendentes do país. Dez anos depois, em 2018, a princesa japonesa Mako de Akishino veio a Londrina, em comemoração aos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil (leia mais aqui).

Também estiveram presentes o vice-prefeito, João Mendonça, e o chefe de gabinete, Moacir Sgarioni.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.