Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A atividade é voltada para servidores do NASF e visa melhorar os cuidados oferecidos pelos profissionais aos pacientes 

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), irá realizar, na quarta-feira (14), das 7h à 13h, uma capacitação voltada para seus servidores, pensando nos cuidados de pacientes com Alzheimeir e prevenção de suicídio. A oficina irá ocorrer na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC), campus Londrina, que fica na avenida Jockey Club, 485.

A ação está, principalmente, sendo realizada para preparar os profissionais de saúde para o mês de setembro, mês destinado a campanha de prevenção do suicídio por meio do Setembro Amarelo. Como o NASF sempre realiza orientações durante a campanha, com essa oficina eles pretendem melhor preparar a equipe para essas futuras ações.

O médico de família da Unidade Básica de Saúde (UBS) Cafezal, Ygor Viriato Botelho, irá abordar temas como: saúde mental e precauções que podem evitar a morte precoce. Segundo Botelho é necessário fortalecer os profissionais desde as unidades básicas de saúde. “Os agentes da saúde devem estar preparados para identificar casos de risco, como classificá-los, como preparar a família e, principalmente, como receber e acolher esse paciente”, contou.

Já a questão do Alzheimeir será explorada pelos profissionais do Instituto Não Me Esqueças junto com o Grupo de Estudos sobre o Envelhecimento (GESEN), da Universidade Estadual de Londrina (UEL). De acordo com a coordenadora do Programa Saúde da Família (PSF) do NASF, Vânia Cristina da Silva Alcântara, o objetivo dessa oficina é rever e atualizar os conhecimentos. “Nós sabemos que o diagnóstico precoce é muito importante, ainda mais com os números de pessoas com Alzheimeir aumentando. E,nós sentimos que a demanda de serviços também aumentou”, contou.

Dentro da programação, estão previstas as seguintes ações: uma dinâmica, que busca partir dos conhecimentos prévios dos participantes e a importância do papel do profissional nesse processo; uma palestra – que irá aprofundar os conhecimentos dos presentes; estudo de caso, para preparar os agentes do NASF em como agir com os pacientes com Alzheimeir; e uma plenária, para apresentar as propostas de intervenção e a importância da avaliação geriátrica.

A atividade é gratuita e os profissionais interessados em participar devem se inscrever na Escola de Governo, pois a oficina terá certificado. Dentro do site, o participantes deve fazer o seguinte caminho: SAÚDE > Atenção Primária > Geral – 2019 >  Oficina para as Equipes do NASF sobre Alzheimer e Suicídio. A chave de inscrição é ALZ-2019.

NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios